O sigilo de MC

Uma história da criação do sigilo da Chaos Girls

Sigil Madame Caos

No ano 9, mês 11, recebi um convite de um menino que me adorava. Não sei o que ele gostava tanto, mas ele era bom o suficiente para me carregar àquele espaço se unindo a minha indecisão caótica.

Havia fogos de artifício, bandeirinhas e uma grande festa, tudo para o ano 10, ou 1. Eu tentei dizer não. E 51% de mim confirmou a negativa.

Esse 1% decisivo me carregou a uma ponte dentro do cosmos. Uma linha nebulosa que para humanos é complicada de se manter o tempo inteiro. Mas eu nasci ali.

Na encruzilhada entre-mundos, fiz minha casa. Porque ali eu recebia o maior amor do universo.

Ensinei outra menina a estar ali, enquanto segurava minhas pedras de ouro, conquistadas por mergulhar em linguagens que não são ditas. Outros e outras também entravam nesse espaço.

Mas eles não tinham o efeito colateral que eu já exibia.

Minhas mãos, meu corpo, minha mente, eram crisálidas. Brotavam cores, artes, imagens, letras, soluções e criatividade. Que, para mim, eram valorosas.

Contudo, ao voltar, abandonei tudo. Nada era meu, era do mundo. Ou de outrem. Não importa.

Outros vieram dizer: “sua palavra tem poder, alguma coisa misteriosa acontece ali.” — enquanto sentia suas lambidas de inveja. Não me importei com eles, tampouco.

Vi a morte nas suas máscaras de palhaço e ouvi Shiva me dizendo “Sou o Executor do Destino.”

Não discuto com quem sabe mais do que eu. Eu escuto.

E que aquilo que é mais antigo e tem mais informações que minha mente sem fé, tenha a palavra final.


Olhei para as letras MC — magia do caos, chaos magick, madame caos.

Olhei para a minha carta favorita, a carta que me faz brotar, que me faz projetar, que me faz criar — 9 de ouros.

E desenhei sem piscar, na frente da Wanju Duli, uma figura que muito sonhei e desejei ser igual, mas sem inveja ou ciúme, sem melhor ou pior, sem pensar. Por amor, a minha mão desenhou um símbolo. Ela brotou.

Fiquei insegura depois, será que poderia melhorar? Sempre posso melhorar. Sempre podemos melhorar. Você pode sempre melhorar.

Mas a Wanju disse “Não, está perfeito.”

Cada um disse ver uma significação diferente. Isto é o que caracteriza um símbolo.

E assim nasceu o sigilo da Chaos Girls.

9 de ouros do Tarot Iluminatti.
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Amanda Rosa’s story.