Vínculo poderoso.


Antes de tudo, quero agradecer as amizades que possuo. Sem vocês, não conseguiria nada na minha vida. Agradeço boa parte da minha vida e esse texto a vocês.

A amizade, na minha concepção, é um dos maiores presentes que recebemos no decorrer da vida. É tão maravilhoso conhecer uma pessoa totalmente desconhecida e compartilhar felicidade e amor ao próximo. Mas ai vem a pergunta: você está disposto a se arriscar e conseguir novos amigos?

Pois bem, saiba que a um tempo atrás, eu me fiz a mesma pergunta. E saiba que ela foi uma das, se não a mais, decisão importante da minha vida. Ora, como? Simples: eu decidi sair da zona de conforto e me arriscar mais.

Tive decepções? Mas é claro que tive! E quem não tem? Mas com ela aprendi como alcançar o próximo. E isso independente de quem ele for.

Amigos tornam nossa vida mais prazerosa, pois com eles, vivemos nossos melhores dias e cada hora, dia, fim de semana ou mês que passamos ao lado de nossas amizades nos fazem esquecer dos problemas mais cabulosos do nosso cotidiano.

E a melhor parte é que essas lembranças vivem, para sempre. O dia pode não ser eterno, é claro. Mas as lembranças? Elas ficam pra sempre. Eternizadas em textos, fotos (até mesmo as que trazem vergonha, haha) e videos. De seus agradecimentos ao Facebook, Instagram, Twitter ou qualquer que seja a rede social que você posta suas lembranças, pois com ela, seus momentos são “eternizados”.

E isso tudo, pra mostrar que, a amizade é nosso maior presente. Seja um amigo que mora do outro lado do país, ou do outro lado da parede. Seja sua família ou seus parceiros de trabalho. Seja seu cachorro ou qualquer outro animal. O importante é mantê-las viva, preservá-las.

Pode demorar uma hora pra você ter um bom amigo, ou anos, talvez. Mas saiba que nós sempre teremos um, uma hora ou outra. A propósito, você já o possui, só não percebeu. (:

Charles say: Oi! Tudo bem? Eu sei que eu posso parecer um louco com essa abordagem, mas mesmo não conhecendo você direito, posso te pedir uma coisa? Vamos ser amigos?


Obrigado pela sua leitura, caro amigo.

Escrito por Charles Fagundes.

Revisado por Renan Barbosa e Charles Fagundes.

Um abraço, amigão!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.