O ego inflado é cego, surdo e tosco!

http://nerdist.com/wp-content/uploads/2016/04/Stuff-Main.jpg

Ah esse ego nosso de cada dia. Já vieram por aí Freud, Jung, Maslow, vários pensadores, doutores, espiritualistas, religiosos, filósofos, cientistas sociais, várias espécies tentando desenhar, entender e compreender essa parte de nossa personalidade. Quase como o diabinho e o anjinho dos desenhos animados que ficam colocando pensamentos de liberdade, vaidade, auto proteção na cabeça de várias personagens.

Pois é, não tem como nega-lo, não podemos viver sem ele. O ego é parte fundamental de nossa personalidade, pois sem ele, não teríamos nos tornado a espécie dominante (se é que existe vantagem nisso), sem ele não teríamos o cuidado de nos proteger, de nos cuidar, seja individualmente ou coletivamente. O ego está lá, existente, sempre gritando para que você possa ouvi-lo e não esquece-lo. Mas, ele tem sua faceta negativa, pois com todo esse poder, ele pode ganhar volume, ganhar tamanho, ganhar poder.

O Ego quando exagerado, inflado, agigantado, pode dominar sua personalidade. É como aquele filme B da década de 80, chamado the Stuff, aquela gosma que dominava corpos e mudava seus comportamentos, fazendo deles maquinas impiedosas de domínio, destruição e outras coisas toscas. Mas é exatamente assim mesmo que o ego, quando descontrolado age, nos faz exercermos papéis toscos.

O vídeo dessa semana é exatamente sobre esse contexto, características do EGO inflado e o que podemos fazer, para nos livrar do seu crescimento desenfreado!

Ah, participação especial da minha gatinha, Maya. E não foi combinado!

Lembre-se de acompanhar o Medium do Choco la Design e assinar nossa Newsletter para receber as novidades:

Like what you read? Give Rodrigo Lemes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.