Mãe especial

Eu sou Rejane de Sousa, formada em administração e mãe do Carlos Henrique Araújo Barros, de 1 ano e 10 meses de idade.

Estava tudo aparentemente normal, quando os meses foram se passando e ele não foi desenvolvendo o lado motor.

Foi quando descobri que ele nasceu com microcefalia. Nisso ele já tinha oito meses de vida!

Temos uma rotina intensa, ele faz 15 sessões de terapia por semana. São três por dia.

A minha vida é ele. Vivo em função dele. Meu filho é uma benção na minha vida.

Aprendi a dar valor a tudo. Às pequenas coisas. Melhorei como ser humano.

A gente tem a sensibilidade de enxergar o problema do outro, se sente mais humano.

Aqui, nós somos uma família. A gente se apega aos bebês das outras mães, às outras mães e terapeutas.

O Carlos Henrique é o meu primeiro e filho único.

Rejane de Sousa, uma mãe especial.