Fumantes buscam medicamentos para acabar com o vício

Sua farmácia está preparada para atender este tipo de consumidor?

A Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) realizou um levantamento sobre os riscos do tabagismo. De acordo com a pesquisa, 73,3% dos participantes apresentaram dependência baixa à moderada de nicotina e 26,7% registraram um nível alto ou muito alto de dependência.

Deste total, aproximadamente 15% disseram fazer uso de algum medicamento para parar de fumar; 46% demonstraram desejo de abandonar o cigarro no próximo mês e 34,6% mostraram-se interessados em aderir a programas de conscientização ou agendaram atendimento posterior.

“Neste contexto e pela proximidade com o consumidor, as farmácias podem assumir um papel de protagonismo na atenção primária à saúde”, acredita o presidente executivo da Abrafarma, Sergio Mena Barreto. Desde o início do ano, a entidade realiza uma série de campanhas gratuitas nas lojas, no intuito de orientar os brasileiros sobre o tabagismo e outros temas como diabetes, obesidade, imunização e uso racional de medicamentos.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.