Você ainda joga as cascas no lixo?

Menos 1 Lixo
Mar 9, 2018 · 3 min read
Image for post
Image for post

Você joga as cascas, os ramos e as sementes de legumes, frutas e temperos no lixo? Já parou pra pensar no valor nutritivo deles e como se desperdiça uma boa parte dos alimentos nesse processo? As partes entendidas como “não convencionais” deveriam estar no prato e não fora dele. Lembra quando você era pequeninhx e as professoras da escola falavam que o legal mesmo era fazer bolo da casca da banana?

Há muito, muito, muito tempo éramos nômades e a caça era a maior fonte de alimentação e era, claro, completamente instintiva. Depois, o ser humano se estabeleceu em territórios, desenvolvendo a agricultura e se conectando com os alimentos de outra forma: com mais atenção, desde o tempo de espera do plantio e da colheita até a distribuição dos alimentos pra sociedade que se expandia. Com a Revolução Industrial, a produção da comida passou a ser em outra escala, surgindo os industrializados e dando fim à conexão que o ser humano tinha construído com a comida. Hoje desperdiçamos boa parte do que comemos, um reflexo de todo esse processo.

Vamos pensar sobre isso? A atenção à nossa alimentação começa, claro, no pré-consumo dos alimentos, sabendo de onde vem o que você come (de preferência comprando dos pequenos produtores e investindo nos orgânicos). Depois, é fundamental observar o desperdício do dia a dia. Infelizmente, os brasileiros estão no top 10 dos que mais desperdiçam comida no mundo. E isso vai além da comida que sobra ou que estraga, mas também engloba o acúmulo de lixo orgânico das partes que pensamos que não são comestíveis. E jogar no lixo algo extremamente nutritivo… isso não é nada sustentável, né?

A casca do abacaxi, por exemplo, tem 38% mais vitamina C do que a própria fruta. A da banana, 106% mais potássio e o talo da salsinha tem 181% mais fibras do que o próprio tempero. Sabe aquela semente de abóbora bem torradinha? 100g oferecem todo o zinco que (geralmente) uma pessoa precisa ingerir por dia.

Image for post
Image for post

Aproveitar integralmente os alimentos é um ato de sustentabilidade, economia e amor à nossa saúde e à do planeta. Além da variação que isso permite pro seu cardápio, claro!

Também é importante pensar no pós-consumo: comida não pode ir pro lixo comum! Sempre vai sobrar um resíduo orgânico e a compostagem é a melhor solução, porque “recicla” esse resíduo e transforma ele em um poderoso fertilizante natural. Quando você começa o processo de compostar o que sobra, fica impressionadx com a quantidade de resíduo que não é lixo e pode ser reaproveitado.

Quando falamos de sustentabilidade, o que vem à sua cabeça? Poluição, yoga, economia de luz e água, reciclagem de lixo… E a alimentação? Ela entra nessa conta? Pensar nos alimentos através do seu aproveitamento integral nem sempre é fácil, mas é fundamental pra desenvolver um consumo consciente e sustentável do que comemos. Vamos juntxs?

O Menos 1 Lixo é um movimento de educação ambiental idealizado pela Fe Cortez que se propôs a ficar 1 ano sem consumir copos descartáveis. Foi assim que surgiu a criação do copo do movimento, retrátil, prático, de silicone e 100% fabricado no Brasil. O copo do Menos 1 Lixo é um agente de transformação pra estimular a mudança de hábitos através de um único gesto.

Image for post
Image for post

Clube Orgânico

Comida de verdade para todo mundo: #OrgânicoImporta

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store