Saiba porquê (e como) seu negócio precisa começar a vender por assinatura

Você não quer clientes. Você quer clientes assinantes.

SmartFit, “a academia inteligente”. Começando na forma de vender.

O problema, desde o primórdios, até hoje em dia…

Você tem um negócio (de qualquer tamanho), vende produtos e/ou serviços, e até hoje deve vender da única forma que aprendeu, que é a mesma forma usada há séculos pela humanidade: você entrega seu produto ou serviço em troca de uma quantia em dinheiro. Ou seja, você realiza transações, ou vendas isoladas.

E para seu negócio não morrer, o que você precisa fazer todo santo mês? Óbvio, conseguir novas vendas. Seja para clientes novos, ou para clientes que já compraram de você alguma vez.

O problema, como você já sabe, é que conseguir novas vendas não é uma tarefa nada fácil!

No caso de novos clientes, existe a dúvida de que seu produto/serviço atende às necessidades deles, de que o custo-benefício vale a pena, etc. Para clientes que já compraram, você até tem uma certa vantagem (afinal eles já conhecem você e o que você vende), porém mesmo assim é difícil. Você precisa repetidamente convencê-los a comprar de você. Com tantas opções no mercado hoje em dia, ele pode facilmente decidir comprar do seu concorrente. Ou até pode voltar a comprar de você, mas sabe-se-lá-Deus-quando!

Esse é você tentando vender para seu cliente? É bonitinho, mas talvez não funcione :)

Como a maioria dos pequenos empresários, você sente que precisa “matar um leão por dia” para vender e poder pagar as contas, e assim manter seu negócio funcionando. Acertei?

Para ajudar nesse problema, existe um outro modelo de negócio, que talvez você não conheça, mas que já está por aí faz um tempo…

O Modelo de Assinaturas

No Modelo de Assinaturas, você faz a venda para um cliente apenas 1 vez. Seu cliente, que tem interesse em receber/consumir o seu produto/serviço todo mês, decide (apenas 1 vez) assinar. Então ele informa o cartão de crédito dele e pronto, seu cliente agora virou um ASSINANTE que receberá, TODO MÊS, seu produto/serviço, e pagará automaticamente todo mês através do cartão de crédito.

Agora, você não precisa mais “tentar” vender novamente para esse cliente no mês seguinte. Ele já estará lá!

Sua missão agora é outra: garantir a satisfação dos seus clientes e surpreendê-los todo mês com um produto/serviço cada vez melhor! Assim eles não vão nem pensar em cancelar a assinatura ;)

Vamos dar um exemplo:

Imagine uma clínica de massagem, a clínica da Luci, que cobra atualmente R$ 100 por massagem. O movimento está fraco, alguns clientes reclamam que o valor é um pouco salgado. Demoram 3 meses para voltar à clínica. Ou pior, não voltam nunca mais. Como a clínica pode virar esse jogo?

Adotar o modelo de assinaturas é uma ótima saída! A clínica cria então um plano de assinaturas de massagens. O cliente que assinar o serviço pagará o valor mensal de R$ 80, e todo mês irá receber sua massagem! É vantagem para o cliente, que pagará menos e desfrutará do serviço com mais frequência. E vantagem para a Luci, que agora recebe os R$ 80 todo mês, ao invés de R$ 100 apenas 1 ou 2 vezes no ano…

O exemplo da SmartFit

O modelo de assinaturas já está no mercado há um bom tempo. Tradicionalmente, em produtos como jornais, revistas, TV a cabo etc. Mais recentemente os serviços digitais, desde vídeo e música (Netflix, Spotify etc), até serviços de software empresarial e programas de emagrecimento (ContaAzul, Dieta e Saúde), só para citar alguns exemplos, já nasceram nesse modelo.

No Brasil, um dos exemplos recentes mais notórios e bem sucedidos da adoção do modelo de assinaturas é o da rede de academias SmartFit.

Muita gente ainda não percebeu, mas a SmartFit não cobra seus alunos como as outras academias. Nas outras, você compra um plano anual por exemplo, deixa lá 12 cheques (ou passa seu cartão de crédito à vista ou parcelado, gastando todo o limite dele), e ao final do plano você, que não foi nem 1 mês na academia, provavelmente decide cancelar.

Planos de assinatura da SmartFit — dezembro/2016 (unidade Teodoro Sampaio, SP)

Já na SmartFit, você assina o serviço da academia. Uma grande vantagem desse modelo para o negócio é que a fricção do pagamento é muito menor. Não existe o “fim de plano”, não existe o momento em que o cliente REALMENTE reflete e decide sobre permanecer ou não pagando pelo produto/serviço. A assinatura renova-se automaticamente, e assim o valor continua sendo debitado do cartão do cliente todo mês. O cliente por sua vez tem a vantagem de uma experiência de compra e uso mais fluída e contínua, pode cancelar quando quiser, mas não precisa se preocupar com o fim do plano e ter que fazer a renovação. E continua indo na academia todo mês — ou se prometendo que vai começar a ir no próximo :)

Clubes de assinatura

Outro tipo de negócio que usa fortemente (até no nome) o modelo de assinaturas são os Clubes de Assinatura. Se você ainda não ouviu falar, esses clubes são empresas que vendem a assinatura de um box (caixa) geralmente de um ou mais produtos, onde você assina e paga mensalmente para receber produtos escolhidos e curados por essa empresa. Basicamente você recebe todo mês uma “surpresa” agradável, com um mix de produtos que você gosta.

A tendência dos clubes de assinatura chegou ao Brasil em 2011. Depois de uma pequena “bolha” em 2013 com muitos negócios apostando nesse modelo, sobreviveram apenas os que souberam trabalhar e se estruturar de forma adequada.

Hoje em dia existem clubes de assinatura de tudo que você imaginar: vinho, cerveja, snacks, cosméticos, pets, produtos geek… e por aí vai.

OmeleteBox, clube de assinaturas de produtos para fãs da cultura geek e pop

Uma empresa de clube de assinaturas geralmente começa pequena, mas pode chegar a valer US$ 1 bilhão. Duvida?

Foi isso que aconteceu recentemente com o Dollar Shave Club, um dos mais conhecidos clubes de assinatura dos EUA, que vende assinaturas de lâminas de barbear. Foi comprado pela gigante Unilever pelo valor de US$ 1 bilhão.

Momento jabá :)

E aí, já está convencido de que vender seus produtos/serviços por assinatura é MUUUUITO melhor do que a forma que você vende atualmente?

Mas provavelmente você não tem nem ideia de por onde começar, certo?

Fica tranquilo. É aqui que entra o Clubom!

O Clubom é um site que vai te ajudar a transformar seu negócio em um negócio por assinaturas, tudo de uma forma fácil e rápida.

Funciona assim: você acessa www.clubom.com.br, cadastra a página do seu negócio, cria seus planos e pronto! Você terá um link do seu negócio no Clubom (por ex, www.clubom.com.br/massagemdaluci), e você divulga esse link para seus clientes conhecerem os detalhes dos seus produtos/serviços e assinarem, tudo online!

Fácil, né?

O que é o Clubom

Comece a usar o Clubom grátis!

Acesse www.clubom.com.br, transforme seu negócio em um negócio por assinaturas, e venda muito mais!

Se você tiver alguma dúvida sobre o modelo de assinaturas, ou sobre o Clubom, ou se quiser apenas acrescentar algo, deixe seu comentário pra mim aqui embaixo.

Abraço!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.