Coadjuvante
Published in

Coadjuvante

A Complexa “1899”

O drama psicológico/mistério/terror alemão “1899”, original e lançado mundialmente pela plataforma de streaming Netflix na quinta-feira (17/11/2022), com 8 episódios de 50 minutos de duração. A trama - que se passa em 1899 no navio a vapor Kerberos, que faz o trajeto de Londres para Nova York - acompanha a médica neurologista britânica Maura Franklin/Singleton (vivida por Emily Beecham), viajando sozinha - e diz, no início, um trecho do poema de Emily Dickson: “O cérebro é mais largo que o céu” depois de acordar de um pesadelo - sai para tomar um ar e escuta um tripulante dizer ao CapitãoEyk Larsen (vivido por Andreas Pietschmann) que recebeu uma mensagem do navio Prometheus, desaparecido há quatro meses com mais de 1400 passageiros fora os tripulantes, curioso o Capitão coordena uma ida à embarcação e , para isso, tiveram que retornar um pouco até encontrá-lo, a médica é chamada e o falso padre espanhol, Ramiro (vivido por José Pimentão), também, assim como o braço direito do Capitão, Franz (vivido por Isaak Dentler), o foguista polonês Olek (vivido por Maciej Musial) e o clandestino francês Jérôme (vivido por Yann Gael), eles vão num bote à noite e chegando lá percebem que está tudo destruído e nenhuma pessoa viva a não ser quando abrem um armário e encontra um garoto, Elliot (vivido por Flyn Edwards), com uma pequena pirâmide em suas mãos, ele não passa qualquer informação e é levado para o Kerberos ao retornarem, a Dra. Maura o leva ao seu camarote, entretanto o Capitão está curioso em desvendar o mistério do garoto ter sobrevivido quatro meses dentro do armário, paralelamente aparece um novo passageiro habitando o camarote vizinho da médica, o estranho Daniel Solace (vivido por Aneurin Barnard), ainda há uma jovem chinesa, Ling Yi (vivida por Isabella Wei), que se passa por uma gueixa japonesa, e está acompanha da da mãe, a chinesa Yuk Je (vivida por Gabby Wong), contratadas pela socialite britânica Virginia Wilson (vivida por Rosalie Craig), há também o jovem casal elitista francês Lucien (vivido por Jonas Bloquet) e Clémence (vivida por Mathilde Ollivier), um jovem rico espanhol que acompanha Ramiro, Ángel (vivido por Miguel Bernardeau), o imediato do navio Sebatián (vivido por Tino Mewes), que começa a perceber que pessoas começam a morrer na embarcação sem qualquer motivo aparente, a primeira é uma garota, Ada (vivida por que viaja no porão com seus pais religiosos dinamarqueses, Anker (vivido por Alexandre Willaume) e Iben (vivido por Maria Erwolter), e os irmãos, o jovem Krester (vivido por Lucas Lynggaard Tonnesen) e a irmã grávida Tove (vivida por Clara Rosager), outras mortes acontecem e os tripulantes acreditam que o culpado é o garoto que veio do Prometheus e o querem fora da embarcação, e, para protegê-lo a médica se juntará a Daniel e ao Capitão para tentar descobrir todo mistério que está em seu entorno, principalmente o que une Elliot, Maura e Daniel, que liga passado e futuro. A série, multilíngue, é intrigante, complexa, sombria e atraente, tem boas atuações do elenco principal, ótima direção de arte, belíssima trilha sonora, boa fotografia, belo cenário, com um ritmo inicialmente lento e depois intenso e um roteiro muito interessante, com reviravoltas, que traz um terror psicológico e um mistério sobrenatural, quando numa viagem transatlântica rotineira acontece um enigma misterioso ao se depararem com uma embarcação perdida há meses e desabitada, a partir de então mudará a vida dos passageiros e dos tripulantes com várias narrativas envolventes que se cruzam. Vale muito a pena assistir e maratonar, mas não é para o grande público. Confira o trailer:

--

--

Para quem gosta de filmes, séries e afins.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store