7 jogos que ensinam crianças a programar de forma simples e (MUITO) divertida e grátis

Em um mundo cada vez mais guiado pela tecnologia, ao invés de usuários passivos, milhões de crianças no mundo inteiro estão sendo incentivadas a aprender programação de forma divertida e acessível.

Mesmo que os pequenos não queiram escolher uma profissão diretamente ligada ao mundo tecnológico, o conhecimento básico dos conceitos de programação pode fortalecer a capacidade da resolução de problemas e habilidades do pensamento. Segundo o presidente da Microsoft, Bill Gates, aprender a programar estende a mente e ajuda a pensar melhor, cria uma maneira de pensar sobre as coisas que são úteis em todos os domínios.

Há uma variedade enorme de plataformas que ajudam as crianças a criar seus próprios jogos e animações utilizando métodos de codificação simplificados. Listamos 7 jogos de múltiplas plataformas — iOS, Android, PC e Mac — que ajudam os pequenos a dar início a uma nova visão do mundo digital, levando em conta diferentes idades e níveis de conhecimento. Confere aí!

Lightbot e Lightbot Jr.

Faixa Etária: 4–8 anos (Lightbot Jr.), +9 anos (Lightbot)
Plataformas: navegadores da Web, iOS, Android
Preços: Grátis (browser), $ 3 (iOS / Android)
Saiba mais: Jogo de Browser, iTunes, o Google Play
Visão do especialista: “Embora pareça simples, Lightbot antecipa alguns aspectos interessantes e mais sofisticados de programação de computador.” — Fritz Ruehr, professor de Ciência da Computação, da Universidade de Willamette, em Oregon — EUA.

[caption id=”attachment_1726" align=”alignnone” width=”997"]

lightbot

Muitas escolas usam Lightbot para ajudar a ensinar conceitos básicos de programação. / Image Credit: Dan Crawley[/caption]

Lightbot é um jogo de quebra-cabeça de programação de Danny Yaroslavski, um estudante universitário canadense. O objetivo é fazer com que a sua luz robot-se todos os azulejos azuis em uma grade 3D. A diferença é que para fazer isso você entra em uma corrida programando o seu robô com uma série de instruções.

Yaroslavski diz que Lightbot ensina conceitos como planejamento, teste, depuração, procedimentos e loops.

É possível jogar a versão gratuita, apropriada para uma hora de jogo, em seu dispositivo móvel ou através do seu browser. Duas versões completas do Lightbot, para diferentes grupos etários, estão à venda no iTunes e Google Play.

Kodable

Faixa Etária: 5–8 anos
Plataformas: iOS
Preços: Grátis (US $ 7 para a versão Pro)
Saiba mais: Site Kodable, iTunes
Visão do especialista: “Kodable desenvolve habilidades de programação para que as crianças possam aprender a codificar. Os pequenos podem nem sequer saber ler. “- Terri Eichholz, professor de K-5 para alunos superdotados, South Centr.
Legenda: O jogo é uma oportunidade de ser desafiado em uma idade tão precoce, que prova o quão espertas as crianças podem ser.” — co-fundador Gretchen Huebner.
Crédito da imagem: Carli Spina.

kodable

Kodable possui 105 níveis de labirinto para ajudar a ensinar crianças e jovens, conceitos como condições de programação, loops, funções e depuração.

Evita o uso de texto por completo, tornando-se um grande ponto de entrada para crianças mais jovens. “É engraçado o quanto os adultos subestimam as crianças. O jogo é uma oportunidade de ser desafiado em uma idade tão precoce, que prova o quão espertos as crianças podem ser.” disse o co-fundador do Kodable, Grechen Huebner — TechRepublic

A versão gratuita do Kodable inclui os primeiros 45 níveis. A versão Pro de U$ 7 também adiciona lições de vocabulário e guias de aprendizagem.

Robozzle

Faixa Etária: +6 anos e adultos.
Plataformas: navegadores da Web, iOS, Android, Windows phone
Preços: Grátis (browser), $ 2 (móvel)
Saiba mais: Jogo de Browser, iTunes, Google Play, loja do Windows
Visão do especialista: “Parece um jogo de puzzle, mas para mim é uma divertida e interessante maneira de introduzir conceitos de programação. E talvez, seja um jogo para atrair os jovens interessados em programação. “- Alfred Thompson, professor do Ensino médio de ciência da computação.

[caption id=”attachment_1730" align=”alignnone” width=”917"]

robozzle-screen

Robozzle parece simples no início, mas logo revela suas complexidades. / Crédito da imagem: Dan Crawley[/caption]

Se você está procurando um desafio para as crianças mais velhas (ou você mesmo), tente Robozzle. É um jogo de quebra-cabeça que o programador da Microsoft Igor Ostrovsky criou em seu tempo livre.

No jogo, você guia um robô através de uma série de labirintos usando comandos limitados. Os níveis variam, desde aqueles adequados para crianças pequenas até quebra-cabeças que farão codificadores experientes coçarem a cabeça!

É livre para jogar através de navegadores (usando Silverlight), e permite os jogadores criar, votar e comentar sobre os novos níveis.

Existem versões do Robozzle para iOS, Windows Phone 7 e Android. Os preços variam.

Cargo-Bot

Faixa Etária: +5 anos e adultos
Plataformas: iOS
Preços: Grátis
Saiba mais: iTunes
Visão do especialista: “Ótimo app para ensinar codificação.”- Professor Mike Lawrence, Empreendedor educacional e co-fundador da Academia Google

[caption id=”attachment_1720" align=”alignnone” width=”772"]

Cargo-Bot foi criado com Codea em um iPad. / Crédito da imagem: Dan Crawley

Cargo-Bot foi criado com Codea em um iPad. / Crédito da imagem: Dan Crawley[/caption]

Cargo-Bot foi o primeiro jogo programado inteiramente em um iPad. É acessível para crianças em cinco níveis mais fáceis, mas oferece um verdadeiro desafio à medida que progride.

Os jogadores usam um guindaste para mudar caixas de lugar em torno de uma fábrica. Ao fazer isso, eles usam conceitos de codificação, como loops e procedimentos e fazer uma tonelada de depuração.

“Eu queria que fosse um jogo sobre a movimentação de blocos com garras, que fizesse você esquecer que está programando de verdade.” disse o desenvolvedor Rui Viana — Fast Company.

Code Combat

Faixa Etária: +13 anos (ou mais jovens com orientação)
Plataformas: navegadores da Web
Preços: Grátis
Saiba mais: Site Code Combat
Visão do especialista: “Com abordagem criativa e envolvente, o jogo ensina codificação através da brincadeira.” — Jason Battles, Universidade do Alabama.

[caption id=”attachment_1721" align=”alignnone” width=”955"]

Code Combat mistura magos, guerreiros, ogros e codificação de forma divertida. / Crédito da imagem: Dan Crawley

Code Combat mistura magos, guerreiros, ogros e codificação de forma divertida. / Crédito da imagem: Dan Crawley[/caption]

Code Combat é o único título na lista que tem jogadores com o código real para jogar (Javascript atualmente, com suporte experimental para CoffeeScript, Python, Clojure e Lua).

Neste jogo de fantasia, é possível trabalhar através de níveis single-player, além de desenvolver habilidades de codificação. No momento está rolando um torneio multiplayers chamado Greed valendo $40.000 em prêmios.

E mais, o jogo ainda ajuda empresas a recrutar jogadores de alto nível. Isso mesmo, jogando Code Combat é possível obter até um emprego.

Machineers

Faixa etária: 8–14 anos
Plataformas: PC, Mac (iPad em breve)
Preços: demo grátis
Saiba mais: Site Machineers
Visão do especialista: “Machineers parece ser o melhor exemplo de jogos de educação que eu já vi.” — Programador e desenvolvedor de jogos Paul Hayes

[caption id=”attachment_1728" align=”alignnone” width=”1436"]

machineers

Machineers ganhou o “Best Student Game” em 2012 no Serious Games Showcase and Challenge na Flórida. / Crédito da imagem: Serious Games[/caption]

Machineers é um título de aventura que permite aos jogadores interagir com máquinas quebradas, utilizando princípios de codificação e uma interface drag-and-drop.

Henrike Lode, membro do time da dinamerquesa Lohika Games, decidiu comercializá-lo como um quebra-cabeça de aventura após uma criança queixar-se que os jogos educativos são como “chocolates cobertos com brócolis”.

“Esta é a preparação para a aprendizagem futura”, disse Lode Indie Statik. “Não temos matemática ou código lá, por isso as crianças não vão ser capazes de começar a programar, mas sim, treinar o pensamento lógico e algo chamado de alfabetização processual, que é a capacidade de ler e escrever processos.”

Atualmente, ainda em desenvolvimento, o PC e Mac demo de Machineers é gratuito para baixar e jogar. Lohika Games tem como alvo uma versão no iPad para o jogo completo.

Bee-Bot

Faixa Etária: 4–7 anos
Plataformas: iOS
Preços: Grátis
Saiba mais: iTunes
Visão do especialista: “Basta testar e assistir ao julgamento, erros, hipóteses, testes e revisões que o sucesso final vai acontecer.” — Doug Peterson, Instrutor na University of Windsor, Canadá.

[caption id=”attachment_1719" align=”alignnone” width=”998"]

beebot

Muitas escolas usam Bee-Bot para ajudar a introduzir conceitos básicos de programação. / Crédito da imagem: Dan Crawley[/caption]

O jogo BeeBot foi projetado para ajudar crianças a programar. O aplicativo é simples, acessível e tem 12 níveis estabelecidos de labirintos progressivamente difíceis.

Há também um app para crianças maiores de 7 anos, chamado BeeBot Pyramid por U$ 0,99.

Post original: http://venturebeat.com/2014/06/03/12-games-that-teach-kids-to-code/
Tradução: Vanessa Braz

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Code Club Brasil’s story.