Trabalhando com o MongoDB diretamente do VS Code

O VS Code (Visual Studio Code) é uma ferramenta fantástica. Sendo um fã ou não da Microsoft (principalmente após a polêmica compra do GitHub) e suas tecnologias (há ainda aqueles que detestam de coração o Windows) é inegável que o editor de código da empresa é muito bem feito e tem conquistado milhares de fãs ao redor do globo.

Desde as mais de 400 configurações nativas que podem ser modificadas ao gosto do usuário; até a possibilidade de expansão através de extensões, o VS Code cai nas graças de (quase) todos por atender os mais diversos requisitos dos mais diversos públicos.

Graças a essa possibilidade de ser extensível, muitas características legais são inseridas na ferramenta pela própria comunidade. Hoje quero falar de uma delas, a CosmosDB.

Em resumo, esta extensão nos permite acessar bancos de dados relacionais ou não através da própria interface do VS Code. É ideal para utilizarmos em ambientes de desenvolvimento para acelerar o fluxo de implementação.

Instalando a extensão

Como eu já comentei, esta ferramenta é uma extensão desenvolvida para o VS Code que é de código aberto e está hospedada no GitHub. Além de atuar em bancos do tipo MongoDB, também conseguimos utilizá-los em conjunto aos serviços da Azure (como o próprio CosmosDB) e para outros serviços.

O primeiro passo será instalar ele dentro do VS Code. Para isso, basta procurar por “Cosmos DB” na barra de busca de extensões da ferramenta. A primeira opção é a correta. Selecione e a instale. Feito isso, não se esqueça de reiniciar o seu VS Code para que tudo seja carregado corretamente.

Procurando pela extensão do Cosmos DB no VS Code

Se tudo ocorrer como esperado, um novo ícone irá aparecer na barra da extrema esquerda do VS Code. É neste ícone que conseguiremos utilizar a nova ferramenta.

Menu de acesso rápido a ferramenta do Cosmos DB

Configurando a extensão

Com tudo instalado, agora precisamos conceder acesso ao nosso banco para que o VS Code consiga acessá-lo. Para isso, entre no menu da ferramenta e clique no ícone verde que parece uma pequena tomada. Ao fazer isso, ele pedirá por qual tipo de banco você quer acessar. Selecione MongoDB.

Criando um novo acesso ao banco

Agora precisamos prover a url de acesso ao nosso banco. Para exemplificar o uso, criei um banco no mLab chamado vscode-curso com o usuário admin e senha admin123. A url criada foi essa: mongodb://admin:admin123@ds141611.mlab.com:41611/vscode-curso

A que você terá será muito semelhante. Se o banco estiver instalado na sua máquina, utilize o localhost.

Url de acesso ao banco

Se tudo ocorrer como esperado, você conseguirá ver o seu banco na opção “Attached Database Accounts”. A partir deste ponto, será possível acessar todas as coleções e seus respectivos documentos. Como neste exemplo:

Acessando o documento diretamente da interface do VS Code!

Além de conseguir visualizar os dados, podemos alterá-lo no próprio editor que as mudanças serão enviadas para o banco. Também podemos criar novos documentos e coleções apenas com o clique direito do mouse. Bem prático, não? ;)

Quer mais dicas ninjas sobre o VS Code? Dá uma olhada no nosso recém-lançado curso Produtividade Máxima com o VS Code!

Conclusão

Há mais de mil e uma ferramentas interessantes disponíveis no VS Code, cabe a cada profissional escolher aquelas que melhor se adequam ao seu fluxo de trabalho. Para ambientes de desenvolvimento, o Cosmos DB é excelente. Além de ser leve e rápida, nos fornece uma maneira de interagir com o banco sem a necessidade de outro software.

Referências


Gostou? Recomende 👏 este artigo e acompanhe nossa publicação para não perder os próximos conteúdos!
Siga nossa publicação e não perca os próximos artigos! http://www.codeprestige.com.brFacebook, Twitter, Youtube
Siga o autor deste artigo e troque uma ideia com ele! http://www.diegopinho.com.br • Twitter, LinkedIn

Aprenda mais com nossos cursos de programação online!

ECMAScript 6ECMAScript 7 e 8React 16VS CodeMais