Estoicismo Diário #138 — Como você faz algo é como você faz tudo

"Preste atenção ao que está à sua frente — o princípio, a tarefa ou o que está sendo apresentado."
— Marco Aurélio

Não é divertido pensar sobre o futuro? Não é fácil ruminar sobre o passado? Não é fácil se perder em pensamentos aleatórios? Não é fácil se esquecer do momento presente?

A dificuldade existe em conseguir manter a mente no que está à nossa frente. Tudo fica ainda mais difícil quando se trata de algo que não queremos fazer. Aí pensamos: "meh, isso não me define, isso não é importante."

Mas já parou para pensar que essa pode ser a última coisa que faremos na vida?

Aqui jaz [seu nome], enterrado(a) sob pilhas de atividades e negócios não finalizados.

Se você diz que algo não importa, todo o resto começará a não importar. Se você diz que é besteira, você fará as coisas de qualquer forma.

O que você faz é importante porque como você lida com as minúcias do dia-a-dia se reflete em como você lida com sua vida.

A forma que você vive o dia de hoje é como você vive todos os dias.

A forma como você aproveita este minuto é como você aproveita os outros. Seja aproveitando ou perdendo seu tempo.

Aplicação pessoal

Em 1979, o 49ers era um dos piores times de futebol americano que os EUA já viu. Mas em três anos eles conseguiram ganhar o Super Bowl.

Bill Walsh, o técnico que levou os 49ers ao sucesso, não usou magia negra ou PDFs com 7 passos para operar em alta performance.

Walsh criou uma cultura da excelência — Standard of Performance. Em outras palavras, os detalhes importam.

Os jogadores não podiam sentar no gramado durante os treinos. Os técnicos tinham que usar gravata e a camisa por dentro da calça. Ninguém podia usar palavrões, as instalações do time deveriam estar sempre limpas etc.

E como isso influenciou o desempenho do time?

Como você faz algo é como você faz tudo. A excelência que eles colocavam nos pequenos detalhes transpôs as barreiras e se mostrou no campo, levando o time à vitória.

Por vários motivos (que não são desculpas), a qualidade do que escrevo decaiu. Portanto, minha atenção agora é o standard of performance. E você, o que vai fazer?



Conecte

Gostou do texto? Clique no ❤ para que outras pessoas o descubram. 
Quer receber emails com dicas, textos e coisas úteis para simplificar sua vida?

Clique Aqui