Estoicismo Diário #139 — Do aprendizado à prática

Ou por que só ler não lhe torna mais esperto

"Esta é a razão pela qual os filósofos nos avisaram para não nos satisfazer com o mero aprendizado, mas adicionar a prática e o treinamento. Porque com o passar do tempo, esquecemos o que aprendemos e acabamos fazendo o oposto, e apreciamos opiniões opostas às que deveríamos ter."
— Epictetus

Josh Waitzkin é um gênio do xadrez e campeão mundial do Tai Chi Push Hands. Mas não se deixe enganar pelo uso da palavra “gênio”. A genialidade do Josh reside na capacidade dele de aprender e aplicar.

Alguns sortudos podem ver um vídeo educativo e aprender tudo o que foi apresentado em profundidade, mas não costuma ser o nosso caso. E até mesmo um "gênio" precisa praticar por horas e horas antes de ser capaz de executar algo perfeitamente.

A prática pode ser monótona, mas sem ela, o verdadeiro aprendizado não é possível.

Da mesma forma, princípios filosóficos têm que ser praticados, ou você acha que Marco Aurélio escreveu os cadernos de Meditação para ocupar o tempo ocioso? Foi a forma que ele escolheu para absorver aquilo que ainda não estava marcado a ferro em sua mente. Ele praticou escrevendo para si mesmo.

Assim como Marco Aurélio ou um faixa-preta de alguma arte marcial devemos comparecer ao dojo — praticar dia após dia. Porque filosofia não é um objetivo, mas um ideal.

Aplicação pessoal

Em seu livro Garra, Angela Duckworth conta sobre a análise que fez com alunos que participavam do Campeonato Nacional de Soletração.

Uma das descobertas que ela fez, que é meio óbvia, é que alunos que treinavam mais se davam melhor. Mas o tipo da prática também influenciava no resultado, nem tão óbvio assim.

A prática disciplinada foi a que levou os alunos mais longe no campeonato— aquela extremamente rigorosa, nem um pouco divertida e que joga na sua cara o que você não sabe. Ela leva a mente e o corpo à exaustão. Mas praticamente todo mundo que precisa treinar algo faz uso dela.

Independentemente do que você tenha intenção de fazer, praticar rigorosamente e diariamente é mandatório.

Porque a única forma de absorver o conhecimento que você acha que adquiriu é tornando-o parte de você. (Não é à toa que minhas habilidades em Python são uma negação…)



Conecte

Gostou do texto? Clique no ❤ para que outras pessoas o descubram. 
Quer receber emails com dicas, textos e coisas úteis para simplificar sua vida?

Clique Aqui