Estoicismo Diário #160 — A importância da proatividade

Ou não transforme seus problemas em uma bola de neve

"Não há nenhum vício que não tenha uma defesa, nenhum que no início não seja modesto e facilmente interposto — mas, depois disso, o problema se espalha amplamente. Se você permitir que ele comece, você não poderá controlar quando ele irá parar. Toda emoção é inicialmente fraca. Mais tarde, se recupera e reúne força à medida que se move — é mais fácil diminuí-la do que suplantar."
— Sêneca

"Rios são mais fáceis de cruzar em suas nascentes", escreveu Públio Siro.

Da mesma forma, emoções intensas, maus hábitos, falta de disciplina e auto-controle são mais fáceis de controlar (ou evitar) em seu início, no momento em que fazemos a pequena escolha que pode desencadear o caos.

Sêneca pede que tenhamos atenção a esse momento e controlemos o problema enquanto ainda temos essa opção. Ele nos pede para parar e ponderar sobre o custo da ação, ao invés de agir cegamente.

Mas fica a seu critério, o que você prefere: enfrentar uma correnteza ou cruzar o rio enquanto a travessia é fácil?

Aplicação pessoal

Durante uma reunião de acompanhamento de projetos, o professor virou para mim: "por que você decidiu que não ia mais usar uma rede neural no seu projeto?".

Minha ideia era construir um sistema de gerenciamento inteligente para semáforos. A rede neural seria responsável por ajustar o tempo de cada um deles de acordo com informações sobre o tráfego, mas troquei a rede por um sistema multiagente com lógica fuzzy. A explicação era simples: pensando sobre como construir o sistema, percebi que não tinha dados para treinar uma rede neural, logo, não teria projeto.

Ser proativo envolve dedicar parte do tempo a analisar o problema — seja ele físico, intelectual ou emocional — , considerar soluções, analisar o impacto das soluções em curto e longo prazo, e os recursos necessários para que elas sejam colocadas em prática. Você minimiza as chances de algo dar errado.

Parece entediante fazer essa análise (normalmente é), mas alguns minutos dedicados a pensar agora podem impedir uma dor de cabeça gigantesca no futuro. Ou como disse um professor meu, "mate o bicho enquanto ele ainda é pequeno*".

*Nenhum animal foi ferido durante a escrita deste texto.



Gostou? Clique no ❤ para que outras pessoas descubram este texto.

Quer receber emails com dicas e textos? Clique Aqui