Estoicismo Diário #46 — Às vezes, a realidade é apenas um sonho ruim

"Limpe sua mente e se recomponha e, quando despertar e perceber que tudo não passou de um sonho ruim que lhe perturbou, acorde e veja tudo o que existe lá fora que é como esse sonho."
— Marco Aurélio

Nosso cérebro processa nossos sonhos da mesma forma que processa a realidade: como se tudo estivesse realmente acontecendo (a única diferença é a origem dos estímulos sensoriais). Logo, nossos sonhos podem parecer tão reais quanto a própria realidade — pelo menos, até acordarmos.

Então, por que a realidade não pode ser como um sonho? Por que não podemos ver certas coisas como um produto da nossa mente e acordar quando percebemos que aquilo não faz sentido?

Os estóicos acreditam que a maior parte das coisas que perturbam a nossa paz de espírito é fruto da nossa imaginação. Nós imaginamos situações e as vivemos, sem ponderar se fazem algum sentido. Quando sentimos medo, raiva ou alguma emoção intensa, é como se estivéssemos sonhando enquanto estamos acordados.

O que nos perturba provavelmente não é um perigo real, mas não paramos para refletir sobre isso. Contudo, nossa reação é real e gera consequências.

Felizmente, sempre temos a opção de acordar em momentos ruins — perceber que quase tudo o que nos perturba não passa da algo criado pela imaginação e não é fruto da nossa razão.

Aplicação pessoal

Antes de fazer minha cirurgia no ombro, eu entrei em parafuso pensando em tudo que poderia dar errado. Até que o momento que parei e: "Isso não faz sentido".

Eu teria que fazer a cirurgia cedo ou tarde (não era algo que poderia evitar), eu conhecia o médico, ele possui excelente reputação como cirurgião, eu também sabia quem integrava a equipe médica.

Nenhum dos fatos sustentava minha perturbação — ela foi criada pela minha mente e existia apenas na minha imaginação, mas todos os seus efeitos eram reais. Estresse. Medo. Ansiedade.

Ao se deparar com algo que lhe atormenta, se pergunte: “isso faz algum sentido? Eu deveria me deixar perturbar por isso?”. A resposta provavelmente será “não” e você pode interromper o pesadelo.

Às vezes, a realidade é apenas um sonho ruim. Se pergunte "isso faz sentido?" e você pode interromper o pesadelo.


Conecte

Gostou? Aperte o ❤ para que outras pessoas descubram este texto.

Aproveite e me siga no Twitter.