Sobre a história dessa igreja

Feliz 2015 a todos que estão dispostos a ser mais que uma estatística

A historia da igreja é composta, basicamente, por dois elementos, que pela visão de uma ou outra perspectiva teológica, poderia ainda, ser reduzida a apenas um elemento, mas que para fins didáticos, nos utilizaremos das duas, citadas de inicio, a saber, a MANIFESTAÇÃO DE DEUS e a MANIFESTAÇÃO DOS HOMENS.

Não preciso ir muito longe no que diz respeito à manifestação de Deus se tomar por pressuposto que todos os cristãos acreditam em Deus e acreditam que Deus é DEUS, por isso, irei me concentrar apenas na manifestação dos homens.

Cristãos ou não-cristãos, os homens sobre a face da terra são peça fundamental no plano de Deus, mas que qualquer coisa, são ALVO do plano de salvação tanto quanto são instrumentos do plano de salvação, fazendo com que nenhum ser humano seja, meramente uma coisa ou outra, antes, todos são tanto causa quanto consequência, ambos são alvo e instrumento.

Mas é sabido que de certa maneira a igreja evangélica enquanto instituição tem crescido de maneira assustadora no brasil nas ultimas décadas, a ponto de que questões polêmicas para os evangélicos tenham se tornado decisivos nas eleições presidenciáveis e lamentavelmente, uma enxurrada de superstições evangélicas também tenham sido utilizadas por pessoas ou mau intencionadas ou mal informadas para manipular a massa evangélica, cada dia mais forte e representativa neste cenário.

Assim, é inegável dizer que os cristãos, em especial os evangélicos são cada dia mais vitais em decisões politicas por sua indiscutível representatividade na sociedade e isso tem sido alardeado por muitos como prova de que a benção de Deus está sobre cada um dos cristãos e sobre cada instituição individualmente, as quais muitas vezes disputam entre si para decidir quem é a real detentora da autoridade de representar DEUS na Terra.

Instituições em disputa pela autoridade geram a mentalidade mercantil e capitalista de que existe algum tipo de corrida que confere ao vencedor uma maior proximidade de Cristo, como se na eternidade estivéssemos num grande auditório onde Deus está no palco e os convidados para ouvir Deus falar fossem escolhendo seus lugares por conta das atividades que as instituições a que estão ligados realizaram por aqui… Grande erro.

A historia da igreja não é necessariamente a historia das instituições cristãs, doravante denominadas igreja (com i minúsculo) mas a historia das comunidades de seguidores de Jesus dispostos a pagar o preço por assumirem a ética de Cristo diante do mundo todo, doravante, denominados Igreja, mesmo que em muitos casos a historia da Igreja seja contada através da historia da igreja.

Assim, temos a falsa impressão de que o crescimento de igrejas pelo Brasil são referencia do crescimentos da Igreja ou ainda pior, que o declínio das igrejas na Europa são a prova cabal do fim da Igreja no velho mundo, sem entender que de modo geral, Igreja é o corpo imortal e mistico de Cristo o qual transcende qualquer tipo de doutrina ou costume estipulado pelos homens no objetivo de controlar seus iguais através da religião e caminha a passos largos pelo mundo justamente por não se limitar a paredes ou estatutos. Não se limita a um traje ou a uma forma de falar, não se limita a um idioma ou localidade, alias, a igreja, não respeita o ódio de quem a odeia, não se limita a ser institucionalizada pelo estado seja ele qual for, não precisa de um nome ou de um lugar, não precisa nem mesmo de um horário de culto estipulado ou qualquer uma desas coisas que nos mesmos inventamos… A Igreja não precisa de nada para avançar, apenas, de si mesma para manifestar o “ame ao teu próximo como a ti mesmo” e de Deus, para “ama-lo sobre todas as coisas”.

Assim, a historia da Igreja não é contada pelos números de membros das igrejas, ou pela metragem dos templos, ou mesmo pelo numero de cidades onde são abertos novos pontos de pregação, a historia da Igreja se dá no dia-a-dia de cada comunidade que é transformada e restaurada pela ação bondosa do líder comunitário que usa o texto bíblico para profeticamente anunciara liberdade daquela favela, é contada pelo marido convertido que passa a considerar sua esposa, agora como o vaso mais frágil e a protege de todo mal que possa lhe ocorrer, considerando-a carne de sua própria carne, a historia da igreja acontece nas atitudes do pastor que prega a autonomia de cada membro de sua igreja, refletindo a logica do sacerdócio universal e viabilizando a todos a oportunidade de serem em cada lugar que estejam, um pouco do corpo de cristo, sem o peso da obediência burra e sem reflexão aos lideres. Por fim, a historia da igreja acontece aí, diante de você, cristão queestá lendo este texto.

Levante e seja a historia da Igreja na Terra, seja o Cristo que o incrédulo ainda não conheceu.

feliz 2015 a todos

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.