Machete Bomb, a banda que dá um soco no senso comum

Não curte muito som do cavaquinho clássico das rodas de samba? Esse grupo de Curitiba vai fazê-lo mudar de ideia

Novo CD é como um gol de mão em dia de clássico, você tem que ver e ouvir (Foto: Carlos Poly/Divulgação)

Por Guilherme Dorini

Era uma tarde particularmente tediosa. Abri o Facebook e comecei a garimpar e ouvir algumas bandas que até então nunca tinha ouvido falar quando, de repente, tinha me deparado com o grupo Machete Bomb, cujo som é bastante eclético.

O som dessa banda de Curitiba mistura rock, samba e rap, inclusive, com toda personalidade e atitude inerentes a esses estilos musicais. Sucesso local, a Machete também figura entre uma das mais promissoras do Paraná, além de se destacar em outros países como Argentina e México.

Formado por Vitor Salmazo (vocal), Otávio Madureira “Madu” (cavaquinho), Rodrigo Spinardi (percurssão), Rodrigo Suspiro (baixo) e Daniel Perim (bateria), o grupo solidifica uma postura musical capaz de aliar os riffs com cavaquinho, distorções e apropriações culturais de boa fé.

Um verdadeiro soco no estômago naqueles admiradores puristas do verdadeiro modo de tocar desse instrumento brasileiro: o cavaco. Conceitos como a comodidade, a obediência e o egocentrismo também estão na mira do quinteto. Autocrítica bem dosada com samples e efeitos.

Eles já dividiram palco com grandes nomes como O Rappa, Criolo, Mundo Livre S/A e outros. Atualmente, estão em turnê de divulgação do novo disco. Uma das músicas desse trabalho é Tiro e Queda, que foi apresentada em uma participação no Audio Arena Originals. (Confira você mesmo no vídeo abaixo:)

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Guilherme Dorini’s story.