Como definir os indicadores de desempenho para seu negócio?

KPI é a sigla para o termo: “Key Performance Indicator”, também conhecida como indicadores de desempenho. Como se sabe, são usados para avaliar e mensurar o desenvolvimento dos processos de uma empresa, a eficiência das estratégias utilizadas e a saúde das finanças. Eles facilitam a realização de uma análise detalhada da atuação de cada setor e o alcance de alvos estratégicos.

No post de hoje, vamos explicar o que são e para que servem os indicadores de desempenho em um negócio. Daremos dicas de como eles são definidos e, por fim, citaremos quais deles podem ser considerados os mais importantes.

Interessado em saber mais sobre o assunto? Então, continue com a gente!

1. O que são os indicadores de desempenho?

Antes de falarmos sobre a funcionalidade dos KPI’s, vale relembrar o conceito, certo? De uma maneira simples e direta, podemos dizer que os indicadores de desempenho são dados, utilizados com intuito de avaliar determinada atividade de um setor dentro de uma organização. Como comentamos, esse método permite o acesso à medidas quantificáveis que ajudam a compreender se os objetivos da empresa estão sendo atingidos.

Existem dois tipos de indicadores de desempenho: o de processo, onde o foco está na análise e avaliação de como uma atividade está sendo realizada. E o de estratégia, esse indicador possui o objetivo de certificar se as metas foram alcançadas e se os objetivos estratégicos foram feitos.

2. Para que servem os indicadores de desempenho dentro de um negócio?

Talvez, uma das maiores importâncias dos KPI’S seja a melhoria da comunicação dentro da empresa, pois eles ajudam a garantir que os trabalhadores entendam como suas atividades são importantes para o sucesso da organização. É também uma forma de deixar os processos mais transparentes e eficientes.

Além disso, os indicadores de desempenho, servem para facilitar a vida dos gestores e consultores na hora de identificar se existe ou não um problema e para agilizar o processo de tomadas de decisões (que serão tomadas a partir das informações levantadas).

Existem diversos indicadores que podem ser medidos, já que o fluxo de dados de uma organização tende a ser grande e constante. Por isso, é importante definir qual deles deve ser acompanhado.

3. Afinal, como definir indicadores de desempenho para seu negócio?

3.1. Analise o crescimento da empresa

Em cada estágio que sua empresa se encontrar, um indicador será mais importante para ela que outro indicador, então procure identificar em qual estágio de crescimento sua empresa está.

Caso esteja no início de um empreendimento, os indicadores mais indicados a seguir são os que estão relacionados à validação do seu modelo de negócio.

Agora se você já possui um empreendimento consolidado no mercado, os indicadores de lucratividade, custo de aquisição, clientes vitalícios, certamente serão os mais indicados.

3.2. Escolha os indicadores que estejam correlacionados com os objetivos de sua empresa

Cada KPI deve estar ligado a um objetivo em específico.

Tente identificar em que momento sua empresa está e a partir daí procure qual é o indicador mais recomendável para aquele objetivo, como exemplo podemos citar aumento na retenção dos clientes, aumento das vendas, aumento da presença de mercado, aumento da lucratividade, entre outros.

3.3. Pense na possibilidade de mensuração

A definição de indicador de desempenho está ligada diretamente com mensuração, ou seja, sempre opte por indicadores que podem ser representados de formas quantitativas.

Ao escolher um indicador qualitativo, os resultados certamente serão subjetivos e acabarão ajudando muito pouco na hora da otimização de tempo para tomada de decisões, identificação de problemas, entre outros casos.

Por exemplo, se o objetivo atual de sua empresa é aumentar o número de vendas, indicadores de desempenho que seriam ideais para utilizar são: indicador de lucratividade; taxa de conversão de vendas. Que obviamente são representados quantitativamente.

3.4. Foque nos KPIs importantes para seu negócio

A nossa dica neste tópico é menos é mais.

Ao invés de utilizar vários indicadores de desempenhos, procure focar nas métricas que são chaves para o sucesso de seu empreendimento. A maior parte das empresas de sucesso no mundo inteiro procuram trabalhar com 5 a 10 indicadores.

3.5. Não fique preso aos indicadores padrões

O importante mesmo é que você consiga identificar e definir quais são os indicadores mais importantes para o seu modelo de negócio e também para o atual objetivo de sua empresa.

Procure não se prender aos indicadores que já estão no mercado, eles podem ser uma boa base inicial, mas se for necessário, crie seu próprio KPI.

Um indicador de desempenho eficiente está ligado diretamente com o setor de atuação da sua empresa.

4. Quais são os indicadores mais importantes para sua empresa?

Não podemos falar que são os indicadores chaves para todo modelo de negócio, mas os indicadores mais utilizados pelas empresas de sucesso hoje são:

4.1. Indicador de lucratividade

Representa o percentual de lucro pelo número total de vendas.

4.2. Taxa de sucesso em vendas

Representa o número de vitórias dentro de todas as negociações realizadas em um intervalo de tempo.

4.3. Índice de turnover

Responsável por avaliar o nível de rotatividade dos funcionários dentro de sua empresa. Se a taxa de turnover é alta, certamente você está com problemas de liderança dentro do seu empreendimento.

4.4. Indicador de qualidade

Está ligado diretamente com ao número de produtos com defeito. É calculado a partir do número de itens produzidos pelo número de itens que saíram sem defeitos.

4.5. Indicador de efetividade

É a junção entre os indicadores de eficiência e eficácia.

Os indicadores de desempenho são muito importantes para a evolução do seu empreendimento, procure sempre se manter atualizado quanto ao momento que sua empresa está vivendo, para que assim possa dar ênfase àqueles KPIs que são relevantes para aquele momento. Eles são bastante úteis na hora das tomadas de decisões para solução de problemas, então procure sempre estar com os dados atualizados, assim, seus objetivos serão cumpridos à risca.

Gostou do nosso post? Que tal continuar sua visita em nosso site e saber mais sobre as 5 vantagens que a automação financeira pode proporcionar para sua empresa!


Originally published at Consultores de Gestão.

Like what you read? Give Treasy a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.