Com a Páscoa chegando, o que mais traz alegria além do feriado são os deliciosos ovos de chocolate. Mesmo com toda a alegria e ansiedade de se empanturrar de doce, os preços dos redondinhos estão cada vez mais altos e, como ninguém quer gastar dinheiro à toa, o brasileiro tá cada vez mais com um pé atrás na hora de erguer o braço e escolher seu ovo favorito.

Pensando nisso, o Contracorrente decidiu analisar se vale mais a pena comprar um ovo pronto, ou fazer o seu próprio, levando em conta as duas coisas que as pessoas mais precisam hoje: tempo e dinheiro.

Em termos de grana, um ovo de Páscoa de 500g comum ao leite custa de 40 a 50 reais. Em compensação, para fazer o seu em casa, você vai precisar de uma barra de chocolate de 500g e um par de formas de ovo, gastando em torno de R$30,00 — isso se você já tiver uma panela, caso o contrário, se prepare para gastar pelo menos o dobro.

Em termos de tempo, cronometramos a ida num mercado, nos esticamos para alcançar um ovo, esperamos um pouquinho na fila e, em 9 minutos, já poderíamos aproveitar a Páscoa cheios de doce. Logo, se precisa de algo rápido, sem duvidas o mercado é a melhor das soluções, isso se a fila do caixa não estiver superlotada.

Para fazer seu ovo em casa, já não conseguimos ser tão apressados. Buscamos uma receita de ovo simples que você pode acessar clicando aqui. Para derreter a barra de chocolate, levamos pelo menos 6 minutos, e aí já percebemos que o processo ia demorar. Segundo a receita, antes de jogar o chocolate na forma, precisaríamos abrir todo aquele doce maravilhoso numa bancada de mármore, para a chamada “temperagem”, um processo que demora de 40 minutos a uma hora.

Depois de todo esse tempo, existe um processo cuidadoso em forrar a forma com chocolate e levar à geladeira, pelo menos 3 vezes, algo que rende ao menos mais 40 minutos. Até o ovo ganhar uma temperatura agradável para se comer, esperamos mais 15 para finalmente nos deliciar. Ao todo, para fazer o ovo em casa, demoramos em torno de 1 hora e 40 minutos.

Portanto, avalie bem o que mais importa para você: tempo ou dinheiro. Em todo caso, qualquer uma das opções é válida quando a meta é passar o feriado se deliciando de chocolate.