Neon
Neon
Sep 19, 2016 · 5 min read

De um perfil no Twitter para o maior site de vagas e oportunidades de trabalho da área de comunicação e tecnologia, se formos simplificar a história do Trampos ela seria essa, mas existe muito mais coisas envolvidas no processo de conectar contratantes e candidatos.

Tiago Yonamine é o criador do Trampos, se você é da área de comunicação com certeza já ouviu falar e provavelmente já conferiu as vagas do site — que já recebeu mais de 3 milhões de portfólios e tem uma média de 2,3 milhões de pageviews mensais. O Trampos nasceu como um simples e despretensioso perfil no Twitter. Cansado da constante “panela” com que a maior parte das vagas da área era preenchida, as vagas costumavam não ser divulgadas para o público, elas circulavam apenas em nichos pequenos e geralmente entre as mesmas pessoas, Tiago criou o perfil na tentativa de dar chance para quem ainda não conhecia ninguém do mercado publicitário. Quase uma década após isso, o Trampos é um dos maiores sites de vagas nacionais com foco em uma determinada área.

De acordo com a Catho, atualmente cerca de 65,7% dos trabalhadores usam sites de classificados online para buscar novas oportunidades profissionais e, segundo a CIA de Estágios, metade dos jovens dizem ter cadastro em pelo menos 5 sites de seleção de vagas. Os números tendem a crescer com o constante aumento da penetração da internet nos lares brasileiros e, além disso, com um maior número de pessoas descobrindo a possibilidade de buscar uma mudança de vida direto do smartphone ou computador.

“Sempre quis trabalhar em agência grande, mas antigamente era muito mais difícil. Eu só conseguiria entrar se tivesse alguma indicação.”

O Trampos no Twitter servia como laboratório para as ações que Tiago imaginava para o trabalho, lá ele testava formatos de links, postagens, palavras com maior efetividade e tudo mais que fosse possível. E foram cerca de 4 anos assim, de 2008 até 2012 ele levou cada vez mais a sério o trabalho no projeto paralelo até que a grana que ganhava com 3 horas do dia dele equivaleu a que recebia pelas 8 horas diárias de trabalho em agências de propaganda. “Essa monetização veio por parte das agências de publicidade que queriam falar com publicitários e estudantes de comunicação.” conta, ao falar sobre os primeiros anunciantes que surgiram querendo divulgar campanhas nos canais do Trampos em redes sociais.

Foi então que Tiago buscou o desenvolvimento de uma plataforma própria. Em uma época onde dados ditam o rumo de campanhas e decisões de áreas inteiras, ele precisava ter mais controle sobre as informações que passavam pelas redes. O desenvolvimento da plataforma veio em parceria com Marcel, atual sócio do Trampos, e começou como um amigo que queria dar um tempo de um trabalho fixo e ofereceu auxílio para a criação do site e do portal. O trabalho que inicialmente duraria só três meses acabou virando uma parceria sem data de validade, a dupla acabou se consolidando e desenvolvendo o modelo de negócio e todas as outras frentes que ainda faltavam para que o projeto deixasse de ser pessoal e virasse profissional.

“Por mais que a gente desenvolvesse a plataforma, o jeito de pensar o negócio demoraria mais.”

Tiago considera a escolha do modelo de negócio como um dos pontos mais importantes da história da plataforma: “É uma coisa muito delicada. O Brasil tava acostumado com o modelo de sites de vagas em que os profissionais pagam e as empresas publicam as oportunidades de graça. Isso vem muito do modelo antigo em que o empresário dá as cartas e foi difícil mudar essa lógica de que as empresas têm que investir pra ter bons profissionais”. E ele vai de encontro ao que a maior parte dos empreendedores conta como história de vida, além de acreditar que ainda está em transição da vida de contratado para contratante: “Eu acho que tá em transição ainda, diferente de outros empreendedores que contam anedotas de que vendiam suco na frente de casa, eu nunca pensei. O meu sonho era ser especialista técnico em alguma coisa, queria ficar no Photoshop o dia inteiro e ser mestre naquilo. Algo que vai totalmente de encontro ao que é ser empreendedor, que é ir menos profundo numa coisa e partir pra um conhecimento mais horizontal” e foi querendo incentivar esse conhecimento que nasceram outras duas iniciativas do Trampos, a Academy e o Tutano.

“O nosso objetivo com o tutano e a academy é criar um ecossistema de carreiras.”

“O Trampos começou como um site que divulgava oportunidades. A gente queria mais do que isso, a gente queria criar insumos pra contemplar todas essas áreas. O Tutano, que veio primeiro, nasceu porque queríamos conversar com os profissionais que acessam nossa plataforma de uma maneira a instruí-los sobre como usar o Trampos melhor. Às vezes um profissional é ótimo, mas ele não sabe se vender direito, falta alguma coisa” — e assim, com esse objetivo, surgiram as duas iniciativas que tem o objetivo de ‘completar’ a plataforma. “No Academy nós desenvolvemos programas baseados nas job descriptions das vagas. Se identificamos que vem aparecendo muitas vagas que precisam de, por exemplo, Google Adwords, desenvolvemos um treinamento sobre isso. Esses treinamentos são divulgados pra pessoas que estão se candidatando a essas vagas e não tem essa habilidade”. Utilizando os dados gerados pela própria plataforma, surgiram duas iniciativas que agregam valor ao Trampos e mostra que é um serviço com um planejamento de uma longa vida na área de atuação em que está.

“A nossa comunicação conversa bastante com o nosso público e acho que esse é um dos principais motivos de sucesso do Trampos.”

Ao acessar a plataforma você notará a predominância de vagas do setor de comunicação e tecnologia e esse é um dos diferenciais do portal. Yonamine coloca o fato de ser uma plataforma muito ligada à um nicho de linguagem como o motivo do sucesso: “O Trampos, que começou com um amigo indicando vagas pra amigos, hoje é uma instituição, mas parece que a instituição Trampos é um brother te indicando pra outras pessoas. Talvez pra lidar com engenharia, direito, ou saúde, teria que ser um outro viés de comunicar” — no início todas as vagas importavam para todos os seguidores e hoje em dia isso segue assim, mesmo que você não encontre uma vaga para você, sempre achará algum amigo que encaixa em um perfil buscado no site. Se ‘isolar’ do resto do mundo acabou se tornando o maior diferencial para o site.

A revolução do Trampos foi atuar na mudança da relação das pessoas com as vagas de trabalho. Torná-las públicas, fora das panelinhas. No fim das contas o maior trunfo do Trampos foi, focando no mercado de comunicação e tecnologia, aumentar a panelinha, ou melhor dizendo, revolucionar a panelinha. Agora a transição e busca de oportunidades e de talentos não está mais presa ao seu círculo social.

timeneon

Temos histórias para contar e você está exatamente no lugar onde elas são escritas.

Neon

Written by

Neon

A Neon é uma conta digital, que resolve, pelo celular, tudo aquilo que agências e gerentes complicam. Sem mensalidades, anuidade e com atendimento 24h.

timeneon

timeneon

Temos histórias para contar e você está exatamente no lugar onde elas são escritas.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade