Mulheres da Maré

ENSAIO de Kristin Bethge, Pré-Selecionado

Durante dois meses em 2015 eu acompanhei moradoras da favela da Maré no seu cotidiano. A força, a fé e a energia que as mulheres desta favela demonstram e espalham por onde passam, levou-me a fazer este projeto fotográfico.

O cotidiano no conjunto de favelas da Maré, na periferia do Rio de Janeiro, é caracterizado pela insegurança e medo. Mas da opressão também nasce a resistência, da necessidade a união. Em vez de se intimidarem, as mulheres da Maré se levantam, se unem, somem e multiplicam. Demostram força e espalham esperança onde essa já quase extinguiu também. São as mulheres que fazem da Maré o que é, e que nunca deixam de lutar para que seja um lugar melhor.