Paisagem Movediça

ENSAIO de Bruno Bernardi, Pré-Selecionado

No final de 2015, o rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco nos arredores da cidade de Mariana (MG) provocou uma avalanche de lama que cobriu diversas pequenas propriedades rurais e alguns distritos. Considerado o maior desastre ambiental da história do país, seus danos ainda são incalculáveis em termos ambientais, sociais e econômicos.

A rapidez e a violência com que a lama desceu, transbordou a calha do rio Gualaxo do Norte e devastou tudo que encontrou pela frente. A paisagem foi instantaneamente e irremediavelmente transformada em um depósito de lama.

O projeto foi desenvolvido durante um período prolongado sem se ater ao imediatismo do fato. Dividido em três etapas, a primeira foi produzida imediatamente após o desastre com a lama ainda muito fluida e movediça; a segunda, três meses após, com o solo já mais estável, a atenção foi direcionada para cenas de casas reviradas e diversos objetos abandonados; a terceira etapa, depois de mais de um ano, volta-se para a vegetação espontânea que começa a ocupar as áreas resguardadas da circulação humana.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.