Pode escolher a pílula azul ou vermelha: a Matrix já é real

Tudo está escuro, como se seus olhos estivessem fechados. Os únicos sons são de pessoas conversando e o barulho de motor. Quando o saco que cobria sua cabeça é retirado, você percebe que está uma van velha. Você consegue ver cada canto e detalhe do veículo, inclusive os seus sequestradores ao seu lado, ameaçadoramente te encarando.

Para sua sorte (e diversão?), tudo isso não passa de um filme. Graças aos óculos de realidade virtual, como o Oculus Rift e o acessível Google Cardboard, a experiência cinematográfica está se tornando imersiva como nunca, passando dos limites da tela plana para as visões em 360º. Estar dentro de uma épica batalha medieval ou encarar um apocalipse zumbi será tão comum quanto ligar o Netflix e assistir a uma série.

Realidade Virtual x Realidade Aumentada

Se você pensa que o futuro está só na VR (do inglês, Virtual Reality), conheça a Realidade Aumentada (Augmented Reality ou AR) — talvez você tenha ouvido falar nela graças ao HoloLens, da Microsoft. Diferentemente da VR, que simula um mundo audiovisual, a AR projeta elementos virtuais no mundo real e permite que você interaja com eles. O dispositivo está sendo aprimorado, mas os vídeos de demonstração são, no mínimo, excitantes:

Magic Leap e a Realidade Mixada

Agora que você já entrou na “Matrix”, hora de ir mais fundo. A startup Magic Leap está trabalhando no conceito de Realidade Mixada (em inglês, Mixed Reality), tecnologia capaz de unir VR e AR. Como se isso já não fosse impressionante, a ideia não é utilizar óculos ou lentes, mas projetar imagens diretamente em nossas retinas, tornando a imersão bem mais real.

O pouco que se sabe sobre a Magic Leap não é por falta de pesquisas. A empresa é extremamente seletiva quanto à entrada de pessoas no local e não revela como realizará essa projeção ou o quanto ela pode enganar o nosso cérebro. Assustador? Com certeza. Mas a demonstração de jogo utilizando a Magic Leap não é sensacional?

A “Matrix” já é real e as empresas estão correndo atrás para entender seu funcionamento e como criar conteúdo para elas. Há alguns anos, o Facebook adquiriu o Oculus Rift e recentemente anunciou os planos de levar a rede social à VR. A Samsung, criadora do Gear VR, lançou um concurso de produção de filmes em Realidade Virtual. O Ebay fez uma parceria com a Myer para lançar a primeira loja em VR do mundo.