Terroristas da opinião alheia

Há um tempo lí uma matéria que me chamou a atenção pela clara intenção de manipular o entendimento do espectador. São os que chamo de terroristas da opinião alheia.

Não quero entrar na questão principal da matéria. Eu tenho tudo claro pra mim e não quero saber o opinião de ninguém sobre isso.

A matéria: https://lucianoayan.com/2016/03/19/maria-do-rosario-defende-machismo-de-lula-e-e-humilhada-em-radio/

O que quero destacar: “Maria do Rosário é humilhada em rádio”? Humilhada? É isso mesmo que acontece? Só eu não concordo com essa headline? É muito fácil usar de sofismo e manipular o entendimento do espectador, ao invés de tentar trazer a compreensão plena sobre o assunto. Ele deixou ela falar, já prevendo qual seria a posição dela, e já com o discurso pronto para guiar o entendimento do espectador a seu favor.

Não houve contra argumento. Não houve esclarecimento. Não houve conversa. Apenas “sua opinião está errada”.

Para que não haja desvio do core do assunto, quero lembrar que não quero entrar no mérito da opinião da Deputada Federal Maria do Rosário, cujo tenho maior respeito pelo seu posicionamento político e social.

O problema desses “repórteres”, “comunicadores”, é que eles falam para quem já concorda com eles sempre. Usa de violência, ridiculariza, descredibiliza a opinião do outro e não argumentam contra. É o famoso: “então, você quer dizer que…” — Não! Ela não “quer dizer”, ela disse o que queria dizer e o senhor entendeu o que lhe era mais conveniente.
 Ou não! Muito provavelmente ele tenha entendido tudo muito bem, mas o intuito sempre foi manipular a opinião de quem ouvia, e não buscar entendimento e debate sobre o assunto.

Me parece um cético dos tempos medievais ouvindo uma teoria revolucionária, do tipo: a terra é redonda, ou a terra gira em torno do sol. Ele não simplesmente ignora o que é dito, como também ridiculariza a opinião apresentada, e guia o entendimento do espectador a fim de mostrar seu domínio sobre a opinião de seus espectadores.

Isso não é comunicador. É um terrorista da opinião alheia.

Terroristas da opinião alheia by Gabriel Quinqueto is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License. Permissions beyond the scope of this license may be available at Covil da Discórdia — Políticas.


Originally published at www.covildadiscordia.com.br on August 30, 2016.