Aprenda a fazer aromatizadores de ambientes para sua casa

Quem é que não gosta de uma casa limpinha e perfumada? Ao entrar em um ambiente, o olfato é acionado imediatamente fazendo com que você perceba o odor predominante imediatamente. Além de agradável, um cheirinho gostoso denota limpeza e mostra que, naquele lugar, as pessoas se preocupam com a higiene da casa. Esse quadro é inversamente proporcional em ambientes com mau cheiro, entre eles o de mofo, indefectível.

E para que sua casa fique sempre cheirosa, além de limpezas regulares, você pode lançar mão de aromatizadores. Sejam borrifadores ou difusores (com varetas), eles podem ser encontrados no mercado, inclusive em lojas especializadas. Mas que tal fazer o seu? Além de ficar personalizado, você terá o prazer de fazer algo com suas próprias mãos para o benefício do lar. Saiba como:

1 — Difusor: Atualmente é o modelo mais comum e consiste em mergulhar uma série de varetas na essência. A vantagem deste aromatizador, é que ele pode ser usado como objeto de decoração, basta saber escolher bem o pote e a cor da essência (lembre-se que a cor varia com o aroma então escolha bem). As varetas podem ser decoradas com frutas, flores e até tematicamente (bandeirinhas em época de festas juninas ou corações para o dia dos namorados). A desvantagem é que, para manter o efeito, as varetas têm que ser trocadas de posição pelo menos uma vez por dia.

Material:

Você vai precisar de um pote, óleos essenciais e varetas (podem ser espetos de churrasco ou bambu). Estes materiais podem ser encontrados em lojas de decoração, produtos naturais e farmácias de manipulação.

O número de varetas vai depender do tamanho do pote. Se ele tiver a largura de uma xícara, por exemplo, você pode utilizar de 5 a 6 palitos. O comprimento deles deve permitir que pelo menos 15 centímetros fiquem para fora do pote.

Receita para um frasco de 200 ml:

- 100 ml de água destilada

- 100 ml de álcool de cereal

- 30 gotas de óleo essencial

- palitos

Como fazer: misture bem a água e o álcool e, em seguida, vá acrescentando o óleo, misturando devagar. Deixe o frasco tampado por três dias depois abra e acrescente as varetas.

2 — Spray: São práticos e não precisam ficar necessariamente expostos. Outra grande vantagem: é muito simples fazer. O primeiro passo é escolher o tamanho do spray. Existem várias opções que vão desde 30 a 300 ml e até mais. As menores, inclusive, podem ser decoradas para presentear: você pode decorar com fitas (laços), tecido de tule e mandar imprimir um cartão personalizado com uma mensagem para quem irá ganhar o presente.

Material:

Você vai precisar de um pote com spray acoplado, óleos essenciais e, se quiser, decorar, prividencie os itens citados acima.

Receita para um frasco de 270 ml:

- 250 ml de base para aromatizador (pode ser álcool de cereal)

- 20 ml de essência (óleo)

- corante à base de água (apenas se o frasco for transparente para dar uma cor diferente para o líquido).

Como fazer: basta misturar os ingredientes e borrifar pela casa sempre que necessário, lembrando de evitar exageros pois com o tempo você acaba acostumando com o aroma.

3 — Velas: são as campeãs em aromatizadores decorativos e todo mundo gosta! Elas podem ter vários formatos, cores e aromas. E mais: o processo de confecção de uma vela como essa pode ser muito terapêutico. Atualmente, além da parafina, há uma infinidade de materiais que podem ser usados na confecção, tanto para decoração quanto aroma: palitos de canela, grãos de café e até cascas de frutas.

Material:

- Parafina ou velas

- Giz de cera colorido

- Essência

- Pavio

- Pote

Como fazer: em uma panela, derreta as velas ou a parafina em uma quantidade compatível com o pote a ser utilizado. Para dar a cor escolhida, raspe o giz de cera sobre a parafina quando ela estiver totalmente derretida e misture. Antes de colocar a essência espere 30 minutos para que ela não evapore; pegue o pote e coloque o pavio bem no meio, em posição vertical segurando-o pela ponta enquanto despeja a mistura. Depois é só esperar secar e acender. Se quiser decorar, é só inserir os objetos no pote; eles podem ser misturados ou aparecer apenas nas laterais.

Dicas:

- muito cuidado ao escolher uma essência. Dê preferência aos aromas naturais, que são mais suaves; alguns podem contribuir para diminuir a ansiedade e a insônia, por exemplo;

- Na sala: as essências cítricas são muito bem-vindas pois “dão um ar” de conforto ao ambiente. Experimente flor de laranjeira, limão e verbena;

- Na cozinha: opte por aromas de alimentos como maçã e frutas que ajudam a neutralizar o cheiro de fritura;

- No quarto: os aromas relaxantes são os melhores — lavanda, camomila e mandarina.

- No banheiro: o ideal é usar aromas que lembrem limpeza, como o eucalipto e alecrim.

Com essas dicas, sua casa ficará super cheirosa e aconchegante!

Gostou dessas dicas? Compartilhe com seus amigos!