Carolina Lacerda
Jun 7, 2017 · 5 min read
Foto: Rodrigo Cavassoni

Estas dicas foram preparadas especialmente para você, assinante do Clube Orgânico, se organizar melhor quando a sua cesta chegar. Nossa cesta de vegetais foi pensada para te proporcionar mais praticidade no dia-a-dia.

Ainda não é assinante? Conheça o Clube Orgânico:

Porém, sabemos que, mesmo assim, a rotina às vezes nos impede de lidar com os vegetais que recebemos em casa da forma como gostaríamos.

Confira esses 5 passos simples para conhecer melhor os alimentos frescos e cultivar uma relação ainda mais saudável com aquilo que você come:

  • Informe-se: conheça a variedade que chega até você
  • Planeje: pense na semana que virá para montar seu cardápio
  • Cuide somente do essencial: dê prioridade para não se enrolar
  • O que deixar para depois: saiba como guardar para durar
  • Acabe com as sobras: feche o ciclo da cesta passada antes da nova

Abaixo, você pode se aprofundar em cada um desses passos. Boa leitura!

#1 Informe-se

Uma das melhores coisas da cesta de vegetais é a variedade que o Clube proporciona à nossa alimentação. Além do básico que já conhecemos, temos a oportunidade, a cada semana, de receber alimentos que não só não vemos com frequência nos mercados e feiras, como também não temos o hábito de comprar. Com isso nossa rotina alimentar fica mais balanceada e também temos a chance de provar novos ingredientes frescos.

Com a novidade, vem o desafio: como consumir um alimento que não conhecemos? Como cozinhá-lo? Como reconhecê-lo? Por isso, pergunte, pesquise ou fale direto com o Clube. É muito importante sabermos que alimentos estão na nossa mesa justamente para saber qual a melhor forma de prepará-los.

#2 Planeje

No dia em que receber sua cesta de orgânicos, olhe-a de forma global. Verifique o que veio, veja quantas verduras, quantas raízes e quantos legumes estão lá. Pense no que funcionará bem para o almoço, o que é bom para se consumir cru, o que dá sopa.

Planejando, evitamos o desperdício e conseguimos, mais facilmente, dar um destino a cada item que compõe nossa cesta. Assim, procure pensar, rapidamente e sem muitos detalhes, numa espécie de cardápio semanal. Tendo destino certo, fica mais fácil usar os ingredientes a cada dia e, assim, facilmente damos conta de tudo.

#3 Cuide somente do essencial

Alguns alimentos da cesta são mais delicados que outros e, por isso, precisam de um cuidado mais imediato. Geralmente as folhas mais frágeis, como alface, rúcula, salsa etc., precisam ser tratadas assim que chegam para que não murchem e percam o viço.

- Como fazer suas folhas durarem a semana toda?

Se você estiver com tempo assim que a cesta chegar, lave esse tipo de folhas para poder armazená-las. No caso dos alfaces, rúcula e cebolinha, corte o talo ou raiz e lave as folhas uma por uma. Depois deixe-as de molho em uma bacia com água e vinagre por 30 minutos. Enxague, seque-as bem e armazene em um pote de plástico ou vidro forrado com papel toalha. Dessa forma elas duram a semana toda.

Se você não puder fazer isso logo que a cesta chegar, coloque esse tipo de folhas em um saco plástico e feche-o com ar dentro. As folhas duram bem desse modo de um dia para o outro, até que você tenha um tempinho para fazer o processo acima.

#4 O que deixar para depois?

Com exceção das folhas mais delicadas, praticamente tudo da sua cesta pode ser deixado para depois. As raízes como inhame, batata doce, batata yacon e aipim podem ser deixadas no próprio saco plástico em que chegam e guardadas na geladeira.

- Para fazer durar até 1 semana

Esse tipo de vegetal dura até uma semana no plástico, se estiver seco. Caso esteja muito úmido, a validade diminui, então fique de olho para não apodrecer. O mesmo vale para abóbora inteira e chuchu.

Algumas folhas mais resistentes, como couve, chicória e repolho, podem ficar em um saco plástico por 4 a 5 dias (às vezes até mais!) antes de serem utilizadas. Quando chegarem na cesta, embrulhe-as e deixe-as na geladeira para usar dali a alguns dias.

- Para fazer durar até 2 semanas

Outras raízes, como cenoura, nabo e beterraba, duram ainda mais se bem armazenadas. Guarde essas raízes sem os talos e folhas em um saco plástico fechado e elas podem durar até 2 semanas na geladeira. Quanto às folhas e talos, guarde-os também em um saco plástico, mas estes devem ser utilizados em até 2 dias, pois tendem a apodrecer mais rapidamente.

- Para fazer durar por muito tempo

Temperos como orégano, sálvia, tomilho e estragão também podem ser guardados para utilizar até 6 meses depois. Veja no nosso Guia de Temperos como secar e armazenar esse tipo de erva aromática.

#5 Acabe com as sobras

Antes da nova cesta chegar, procure fechar o ciclo da primeira cesta. Para isso, organize-se para utilizar todos — ou quase todos— os alimentos que chegaram na semana anterior. Se as sobras forem muitas, que tal aproveitá-las em receitas como risotos, fritattas, mexidos e sopas?

- Aqui vai uma receita para cada ideia listada acima


Uma vida mais orgânica é também uma vida mais consciente, então, dessa forma, evitamos o desperdício desses ingredientes tão frescos e especiais que vem diretamente do campo para nossa casa. Essa é a nossa dica pra você! ❤

Seja um associado: clubeorganico.com | Facebook | Instagram | Blog

Gostou? Clica no ❤!

Cozinha do Clube

Nossa missão é fazer com que você volte para a cozinha e resgate bons momentos com #ComidadeVerdade: receitas orgânicas feitas com amor.

Carolina Lacerda

Written by

Curadora de estilo na www.araragarimpo.com.br e entusiasta da cozinha nas horas vagas.

Cozinha do Clube

Nossa missão é fazer com que você volte para a cozinha e resgate bons momentos com #ComidadeVerdade: receitas orgânicas feitas com amor.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade