Como fazer feedback em time

Ronaldo Marciano
Dec 5, 2018 · 5 min read

Essa semana, eu completei oito meses de Creditas e realizei meu primeiro feedback canvas com quase toda equipe de tecnologia. Eu estava sentindo muita falta de um feedback entre pares, pois o efeito que ele tem sobre mim, é de me colocar fora da zona de conforto.

Além de contar como funciona, vou deixar no final do post, um link com o canvas e a escala que usamos.

Motivação

A cada seis meses, temos na Creditas, um processo de performance review, ele funciona como uma avaliação de performance. O nosso CTO (Leonardo Andreucci), é quem fica responsável por avaliar e passar o feedback para o pessoal.

Em dezembro, começamos a desfazer nosso “departamento de TI, distribuindo desenvolvedores por toda a operação. Hoje temos dezesseis desenvolvedores distribuídos em sete times. Estimamos ter entre quatorze e dezesseis times e algo em torno de cinquenta desenvolvedores (temos muitas vagas em aberto).

Vai ser muito difícil para o Leo, continuar sendo assertivo ao avaliar e passar feedback para todos nós e essas sessões ajudam e muito entender como as coisas andam.

Além disso, lutamos para manter a equipe mais horizontal possível, sem a necessidade de camadas de coordenação. Sim, estamos falando sobre autogestão, mas mesmo sem a figura clássica do gestor a gestão ainda deve existir. Porquê não incentivar as próprias pessoas a cuidarem umas das outras?

Feedback entre pares, ajuda e muito nesse contexto. Há três meses, fizemos nosso primeiro canvas, um método muito conhecido na comunidade Agile.

No início, seguíamos o formato original, mas com o passar do tempo, adaptamos algumas coisas na dinâmica. Esse método, foi criado pelo fundador da webgoal Matheus Haddad.

Método

É muito simples e divertido usar o canvas, vou tentar explicar de uma forma simples como funciona através de um passo a passo.

Passo 1 — Organização

Esse é o Renato. Ele trabalha em um time chamado Fusca Azul, ele gostaria de ter um feedback do pessoal sobre o trabalho dele. Então ele decide pedir um canvas.

Para isso o Renato é responsável por:

  1. Reservar uma data e sala;
  2. Convidar no mínimo 5 pessoas;
  3. Encontrar um facilitador.

Ele convidou seis pessoas no total. Cá, Dudu, Leo, Matheus, Murilo e Valter.

Alguns fazem parte do time do dele e outros não. O legal é que ele vai conseguir saber qual a percepção das pessoas dentro e fora do time.

Passo 2 — Introdução

No início da sessão o facilitador apresenta o passo a passo do processo e o objetivo da reunião.

O Renato, explica o porquê convidou a galera e na sequência preenche o papel (Dev, QA, PM, AC) e as skills que quer ser avaliado.

Passo 3 — Avaliação

De forma anônima, a galera escreve a nota para cada skill em um post it, e entregam para o facilitador. O Renato também se avalia.

Passo 4 — Pontos positivos

O facilitador define um time box, pede para o Renato e o pessoal escrever em post it pontos positivos por skill. Ao final do tempo, ele coleta os pontos, coloca no canvas e começa a ler eles. Ele deve começar com os do Renato depois passando para os da galera. A cada ponto lido, o autor pode dar uma breve explicação.

Passo 5 — Pontos negativos

O facilitador deve repetir as mesmas ações dos pontos positivos, é muito interessante, que ao ler um ponto negativo, ele peça para a galera citar um fato que ajude a explicar o ponto citado.

Passo 6 — Melhoria

Para cada ponto negativo, o facilitador deve instigar a galera a ajudar dando dicas, de como o Renato pode refatorar o ponto em questão.

Dicas e conclusão

Ao realizar a sessão, o facilitador deve ficar esperto com os seguintes pontos:

Evite e controle os julgamentos;
Controle o ímpeto do feedbackee em se explicar ao receber um feedback negativo;
Peça sempre exemplos que explicam os pontos;
Faça com que a galera sempre fale ao feedbackee. Ao invés de falar na terceira pessoa (ele), façam com que eles usem a segunda (você);
Improvise e controle da forma que achar melhor a reunião;
Crie um clima para que as pessoas sejam honestas e francas e não tenham medo de dar um feedback.

Após o meu canvas, eu já comecei a colocar algumas ações de melhoria em prática. Me movimentando para melhorar os pontos que meus colegas apontaram.

Interessado em trabalhar conosco? Estamos sempre buscando pessoas apaixonadas por tecnologia para se juntar à nossa tripulação! Você pode conferir todas nossas vagas aqui.

Creditas Tech

Our technologies, innovations, digital product management…

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store