Mindset de crescimento: se desafie, seja um eterno aprendiz.

Em 2020 um dos nossos principais projetos na Conta Azul é o mapeamento das posições críticas e suas competências; e o que significa isso? Em resumo, ter profissionais certos, nas posições certas, nos impulsionando no atingimento dos objetivos estratégicos.

Durante o andamento do projeto, resgatamos as competências organizacionais, histórico de projetos conduzidos com a finalidade de sermos assertivos na captação e no desenvolvimento dos profissionais chaves para o negócio. O projeto continua evoluindo e uma das competências chamou minha atenção, por se tornar mandatória em todas as posições críticas de P&D. E qual foi essa competência? Comunicação, execução, inteligência emocional, data driven… Bem poderia ser qualquer uma das citadas anteriormente, mas a competência “Growth mindset”, ou seja, “Mentalidade de crescimento” ganhou notória importância no contexto atual da Conta Azul.

Growth mindset”, ou seja, “Mentalidade de crescimento

Você sabia que existem dois tipos mindsets?

Mindset fixo e mindset crescimento

Vamos começar pelo lado da mentalidade fixa. Pessoas que tem esta crença acham que “elas são o que elas são”, mas isso não significa que elas tenham menos desejo de ter uma auto-imagem positiva do que qualquer outra pessoa. Por isso, com certeza elas querem ter um bom desempenho e parecer inteligentes. Errar para elas é algo inadmissível. Por essa crença limitante elas tendem a evitar desafios e experiências novas com medo de se expor e de parecerem menos inteligentes.

Já as pessoas de mentalidade de crescimento acreditam que sua inteligência evolui cada vez mais pela aprendizagem e que o caminho do sucesso está no resultado do seu trabalho intenso e do seu esforço.

Mindset fixo e mindset crescimento

Qual sua escolha? Exercitar a mentalidade de crescimento ou permanecer na mentalidade fixa? É possível mudar e essa é a chave do sucesso…

Receosos(as), vamos tentar esclarecer de forma simples …

Perspectiva sobre Feedback

A mentalidade fixa lhe faz acreditar que qualquer crítica às suas capacidades é uma crítica a você. Isso costuma desencorajar as pessoas em sua volta e, depois de um tempo, elas param de dar feedbacks construtivos, o que acaba por isolar ainda mais a pessoa de influências externas que poderiam gerar mudanças significativas.

Aprender com os feedbacks são fontes de informação. Isso não significa que toda crítica mereça ser integrada ou que nada nunca seja levado pro lado pessoal, mas pelo menos pessoas com uma mentalidade de crescimento sabem que elas podem mudar e melhorar, então o feedback negativo não é percebido como sendo diretamente sobre elas como pessoas, mas sim sobre as habilidades que tem no momento.

Mindset dos aprendizes e não aprendizes

O sociólogo Benjamin Barber diz que há muitas maneiras de segmentar o mundo. Uma delas é dividi-lo entre aprendizes e não aprendizes.

Os chamados aprendizes acreditam que eles têm a capacidade de se superarem constantemente e, assim, fazer da mudança constante uma realidade. Já os não aprendizes acreditam que “as coisas são como são”, resistem a sair da sua zona de conforto e que não faz sentido ou é muito difícil mudá-las.

Nascemos com que tipo de Mindset?

Nascemos com que tipo de Mindset?

Então, se você se identificou mais com a mentalidade de crescimento, parabéns! É muito provável que você já viva uma vida de mais realizações e de mais satisfações. Mas se você se identificou mais com a mentalidade fixa, será que isso significa que você deve jogar a toalha e desistir? Não, completamente!

Sabe o porquê? Temos boas notícias para você também.

Você pode optar por um ou outro mindset. E, se por algum equívoco, você veio até aqui com um mindset que não o ajuda, você é a única pessoa que tem o poder de mudar este cenário.

Imagine os bebês quando chegam ao mundo. Eles passam horas aprendendo sobre o mundo à sua volta, são mais curiosos do que conformados. Eles vão ampliando suas habilidades dia após dia porque vão se superando a cada momento. E não param.

Feche os olhos , imagine você o que significa aceitar um dos maiores desafios de sua vida — que é aprender a andar e a falar. É provável que se isso fosse exigido de adultos, pessoas com mindset fixo teriam desistido e passariam o resto de suas vidas sentadas (sem andar) e sem pronunciar uma só palavra.

Mas, quando éramos crianças, caímos, levantávamos, voltávamos novamente e descobrimos como evitar cair numa próxima vez. E continuamos aprendendo e aprendendo, até que um dia surpreendemos a todos, caminhando e conversando pela primeira vez.

Como se forma o Mindset?

Como se forma o Mindset?

Ao longo de nossa jornada deixamos estacionada a nossa resiliência, a capacidade de superação? Como foi que, aos poucos, fomos assumindo um mindset fixo?

Bem, as pesquisas comprovam que já a partir do primeiro ano de idade nossos pais influenciam na formação de nossa personalidade por exercerem papéis importantes e por serem críticos ou elogiosos. A crítica vai formando a crença de que “as coisas são como elas são”, e que a vida é exatamente como estamos assistindo e que não tem muito o que mudar.

Ao contrário, a Carol Dweck assegura em pesquisas que crianças elogiadas tendem a confiar mais em si, são motivadas e curiosas, por enfrentarem os desafios cada vez mais difíceis.

As crianças com a mentalidade de crescimento aprenderam a viver em um mundo muito diferente das de mentalidade fixa. Onde as pessoas com mentalidade fixa viram um mundo cheio de julgamentos e medo, as pessoas com mentalidade de crescimento viram um mundo cheio de oportunidades e coisas para aprender.

Mindset dos vencedores

Michael Jordan o melhor jogador de basquete de todos os tempos também levou tempo para se tornar Michael Jordan. Uma de suas frases ele diz tudo: “Eu errei mais de 9.000 arremessos em minha carreira. Perdi quase 300 jogos. Em 26 oportunidades, confiaram em mim para fazer o arremesso da vitória e eu errei. Eu falhei muitas e muitas vezes na minha vida. E é por isso que tenho sucesso”.

Entenda, ele não foi o melhor por acidente. Jordan tinha uma mentalidade de crescimento e acreditava que por meio de trabalho duro e dedicação ele poderia melhorar o suficiente para se superar. Jordan teria alcançado o sucesso se não fosse pela superação de seus erros?

O que acontece depois que você é nomeado o melhor jogador do planeta? Os indivíduos com mentalidade de crescimento acreditam que o sucesso é uma viagem constante e não um destino e irão continuar sempre a se desafiar e superar por outros caminhos.

Mindset dos líderes

Mindset dos líderes

Mas, e nas empresas, como atuam os líderes de mentalidade fixa e líderes de mentalidade de crescimento?

Bem, os de mindset fixo, em vez de liderar suas equipes para melhorar suas próprias habilidades e desenvolver equipes de alto desempenho, tendem mais a um comportamento clássico de se concentrarem na crítica e a depreciar os outros. Muitos adotam a autoridade como disciplina até o ponto em que a equipe acaba, passivamente, concordando com tudo para não ser rejeitada.

Para esses líderes, quando as coisas dão erradas, eles buscam culpar alguém, apresentam desculpas para dar a impressão de que eles não tiveram qualquer participação na falha.

Felizmente, há muitos e grandes exemplos de líderes de mentalidade de crescimento progressivo. Jack Welch, CEO da GE, mesmo com todas as coisas desagradáveis ​​que diziam dele, era um líder de mentalidade de crescimento. Mas veja, esqueça a perfeição: ele não começou desse jeito. Ele foi inicialmente até rotulado de “criança problema”. Era tido como esnobe e pedante.

No início preferia contratar apenas engenheiros oriundos do MIT e de Princeton. Mas aprendeu mais tarde que a coisa mais valiosa que um colaborador pode trazer para uma organização é uma mentalidade de crescimento, o que ele chamou de “fome interior”. Como ele já possuía o mindset de crescimento, escalava a GE conseguindo o melhor de seu time.

Time de P&D Conta Azul

E na Conta Azul, como estimulamos o mindset de crescimento?

Tudo começa com a cultura

A Conta Azul nasceu da crença que todo dono de negócio merece sucesso. Cremos fortemente que o sucesso dos nossos clientes começa com o nosso sucesso enquanto empresa, e o resultado desse é a soma de um conjunto de elementos que formam a nossa CULTURA — pilar fundamental de tudo que estamos construindo.

A cultura é a base de tudo, é a cola que nos une, assegurando que todos estejam alinhados e que saibamos como agir diante das situações do dia a dia, visando o objetivo em comum.

Não abrimos mão, em como tornar nossa CULTURA cada dia mais forte e escalável, o que nos fez pensar no Book de Cultura. Um material com todos os elementos da nossa cultura, história, missão, visão e propósito e como tudo isso se conecta.

Criamos um clima de aprendizado contínuo

A cultura interna da Conta Azul é balizada pela máxima de growth mindset, e baseia-se na ideia de qualquer pessoa pode crescer e desenvolver-se, o potencial de cada um pode ser cultivado e enriquecido e com isso, todos podem mudar o seu mindset.

O ambiente pede revisão constante de processos e formas diferentes de fazer as coisas, que em algumas frentes acelerem o crescimento e em outras, a eficiência. Sendo assim, fazem parte do dia a dia as capacidades de atuar com agilidade, adaptar-se às mudanças e execução pro resultado.

Todos os dias, nos deparamos com novos desafios, somos estimulados a sair da nossa zona de conforto, a questionar o “ status quo”; o ambiente é de alto crescimento e de aprendizado contínuo.

Quanto mais os Azuis aprendem, mais desafios podem ser encarados, até mesmo por pessoas que ainda não migraram a forma de pensar. Ao se deparar com novos cenários, a energia do trabalho é renovada e o motor da criatividade é ativado com melhores ideias para os projetos da organização.

Incentivamos que os Azuis desenvolvam novas habilidades

Para o growth mindset acontecer, os colaboradores precisam sair da zona de conforto e ser tentados a experimentar novas competências. Aprender diferentes papéis dentro da empresa ajuda a promover empatia e estimular o envolvimento com novas maneiras fazer algo, de abordar ideias e processos.

Incentivamos o aprendizado, os riscos calculados

Não há crescimento sem se desafiar. Por isso, nossos times têm que aprender a assumir riscos e perseverar até acertar. Quaisquer inovações e avanços nos negócios só acontecem como consequência de várias experimentações e algumas falhas.

Sendo assim, os líderes devem dar o exemplo, mas também permitir aos indivíduos a autonomia e a liberdade para experimentar, promover a adaptabilidade, a agilidade do aprendizado, a conexão com a mudança, promovendo a indignação e coragem para ousar, fracassar e aprender rapidamente com seus erros.

Incentivamos a cultura do feedback

Esse é o maior dos desafios, criar a cultura do feedback. A proposta é transformar o feedback em um presente, a oportunidade de corrigir a rota e melhorar a performance. Por isso, fomentamos que os Azuis possam dar e receber constantes feedbacks, gerando relação de confiança, transparência e como forma de possibilitar o reconhecimento dos pontos positivos e corrigir gaps que atrapalhem o desempenho.

Finalizando, há duas mentalidades, e aquela que você escolher fará a diferença. Precisamos ter sempre todo o cuidado para não sairmos por aí julgando as pessoas, sem considerar também todo o contexto em que ela está inserida e ajudá-la para que possa mudar seu mindset, se assim for o seu desejo.

Para atingir o sucesso de verdade, é preciso entender qual é a configuração da sua mente (seu mapa mental) e, se preciso, reconfigurá-la para um modo mais otimista, que prioriza o crescimento.

Esperamos que este artigo tenha ajudado você e sirva de ponto de partida para o seu desenvolvimento. Só depende de você!

Qual será a sua mentalidade?

--

--

--

Somos uma empresa inovadora que cresce rapidamente. A nossa missão é fazer com que as pequenas empresas alcancem o sucesso. Usamos este espaço para compartilhar um pouco da nossa cultura e os nossos aprendizados! Saiba mais: http://contaazul.com/carreiras

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store