Prioridade 1: alinhamento de propósito e valores

Trabalhei durante mais de 11 anos na Locaweb. É uma empresa incrível, onde tive a oportunidade de trabalhar com pessoas fantásticas e onde aprendi muito. Enquanto estava lá, eu pensava que se algum dia eu fosse sair de lá por opção minha, teria que ser para algo no mínimo tão bom quanto.

Conheço o Vini há uns 4 anos, desde 2012, quando a ContaAzul ainda estava dando os seus primeiros passos. A ideia era Locaweb e ContaAzul terem algum tipo de parceria para oferecermos a solução de ERP da ContaAzul para os clientes da Locaweb. Na época a parceria não vingou mas Vini e eu conversamos algumas vezes sobre gestão e desenvolvimento de produtos de software e desde essa época já havia afinidade sobre esses temas.

Ao longo de 2016 voltamos a conversar e começamos a explorar a possibilidade de eu me juntar ao time da ContaAzul. A empresa agora tinha 5 anos e está escalando a uma velocidade incrível. Por esse motivo o Vini estava buscando pessoas que tivessem já passado por isso em outras empresas e pudessem ajudar o time da ContaAzul a escalar de forma sustentável mantendo a alta velocidade de crescimento.

Comentei com ele sobre minhas prioridades caso eu decidisse fazer esse movimento de carreira, afinal eu estava em uma empresa que ajudei a construir ao longo desses 11 anos. Em nossas conversas deixei claro que minha preocupação primeira, antes de pensar em remuneração, é o alinhamento de propósito e de cultura. Se fosse para eu ir trabalhar em uma nova empresa, ela teria que ter um propósito que fosse alinhado com meus propósitos pessoais e precisaria ter uma cultura parecida com a que eu ajudei a criar na Locaweb.

Por propósitos pessoais tenho a busca por ajudar as pessoas a se desenvolverem. Essa é a razão pela qual escrevo tanto sobre gestão de produtos de software e não me furto a conversar sobre esse tema. Quero ajudá-las a se desenvolverem e, de quebra, quero sempre aprender mais para poder ajudar outras pessoas.

A ContaAzul tem por propósito ajudar o pequeno empreendedor a ter sucesso, o que está muito alinhado com meu propósito. Pronto, já temos alinhamento de propósito! \o/

E a cultura? Durante minhas conversas com o Vini e com outros Smurfs, como são carinhosamente chamados os funcionários da ContaAzul, pude perceber que havia, pelo menos em discurso, um grande alinhamento de valores. O trabalho em equipe, a busca pela excelência, a valorização do erro como oportunidade de aprendizado, a vontade encantar os clientes, a descontração no dia a dia. Esses valores estavam evidentes no discurso e transpareciam na forma como a ContaAzul é percebida pelo mercado.

Resolvi arriscar, apesar de saber que há certas coisas que só se percebe de fato estando dentro. Após ponderar bastante com minha família, afinal além da mudança de emprego haveria tb uma mudança de cidade e de estado, saindo de São Paulo para morarmos em Joinville, decidi por fazer a aposta e aceitei o convite do Vini.

Nos primeiros dias há um receio, uma dúvida. Será que fiz a escolha certa? Será que aquele alinhamento de valores era só discurso, ou os valores eram de fato praticados no dia a dia? Contudo, essa dúvida durou poucos dias. Ao final da primeira semana ficou claro que não era só discurso. Os valores de fato correm nas veias dos Smurfs. São usados no dia a dia. Tanto decisões e conversas corriqueiras quanto discussões estratégicas que definem o rumo do negócio são pautadas pelos valores. Como já disse para o Vini e para os outros Smurfs com quem conversei antes de vir para cá, agradeço muito a eles pelo convite. É um prazer enorme poder trabalhar com pessoas com o mesmo alinhamento de propósito e de valores. Tenho certeza que vamos construir coisas incríveis juntos!