O Tsuru e o Dia Internacional da Paz

Hoje, dia 21 de setembro, é comemorado o dia internacional da paz. Conheça sua história.

Diz a lenda japonesa, que se uma pessoa fizer mil Tsurus, a famosa ave de origami, enquanto pensa em um desejo, ele irá se realizar. Isso fez com que muitas pessoas fizessem os pássaros para se curar de doenças. Uma delas foi Sadako Sasaki.

Sadako nasceu durante a segunda guerra mundial e junto com a sua família, presenciou a explosão da bomba de Hiroshima. Tudo parecia bem quando ela e sua família sobreviveram, mas em 1955, Sadako foi diagnosticada com Leucemia. Os médicos te deram um ano de vida no máximo.

Sabendo disso, seus amigos decidiram como poderiam ajudá-la. Decidiram se revezar, visitando a garota no hospital. Logo após cinco meses internada, uma companheira de Sadako morreu por conta da Leucemia, o que a fez ver como a doença era terrível. Em seguida, acabou descobrindo a lenda dos Tsurus por conta de um grupo que levava as aves ao hospital, e decidiu começar a faze-los.

Recebeu de um amigo papel colorido suficiente para que fizesse mil e desejasse a cura da doença. Em 25 de outubro, Sadako faleceu, tendo feito 964 Tsurus. Seus amigos os completaram, e se juntaram para construir um monumento em sua homenagem. Em 1958, o monumento foi inaugurado, no Parque Mundial da Paz em Hiroshima. Todos os anos, no dia 6 de agosto, dia do bombardeio, é feito uma homenagem.

Em 1981, a ONU declarou então como dia 21 de setembro como o Dia Internacional da Paz, em homenagem à Sadako e todos os outros que sofreram as consequências das guerras ao redor do mundo.

Gostou do texto? Clique no botão recommend, o coraçãozinho abaixo, e ajude esse texto a ser encontrado por mais pessoas. Conheça também a Padma Presentes, que está colaborando com o fomento da cultura oriental!