Coisas que me deixam feliz

Fazer alguém sentir-se mesmo especial

Quando os carros agradecem com os 4 piscas

Andar a pé no nevoeiro

De receber surpresas. Uma visita inesperada, uma carta, uma declaração que não esperava

Dias de sol no meio do inverno

Acordar a meio da noite e olhar para uma menina a dormir

Acordar com a luz do sol

Adormecer a ouvir música

Fazer amor muito devagarinho

Cozinhar

Ter a casa cheia de gente

Noitadas no escritório, num projecto em que acredite mesmo

Almoçar no terraço depois de surfar

Sair da água gelado, no inverno

Andar a chuva

Sentir-me cheio de sentimentos

Apaixonar-me por alguém na rua

Passar um dia sozinho

Duches

Acordar de ressaca num dia de sol

Almoços no terraço que se transformam em jantares

Adormecer no sofá

Amar

Sonhar com uma casa de campo

Que me chamem tonto ou pateta ou sacana

De sardas e sinais

De abraços espontâneos

De surfar bem

De conseguir cumprir aquilo que quero

O cheiro do almoço ao domingo

Ver o bbc vida selvagem de ressaca

De cabelos com caracóis onde meto o nariz

De estar em silêncio tranquilamente ao lado de alguém. Sem pensar que tenho de dizer alguma coisa.

De pessoas que se arrepiam com as minhas festas

De conduzir

Dias com nevoeiro que se transforma em dias de sol

De abraços apertados, festas e trocas de carinhos

De dançar enquanto corro

De sentir os pés na areia quando acabo de surfar

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.