Acessibilidade: o básico para tirar produtos acessíveis do papel

Danilo Ferreira
Aug 3 · 3 min read
Image for post
Image for post
Photo by Sigmund on Unsplash

Quando falamos de acessibilidade hoje em dia, é inevitável pensarmos na criação de produtos digitais mais inclusivos que possam ser usados por todas as pessoas, afinal a internet é um espaço público como qualquer outro.

Mas como é possível criar produtos digitais acessíveis? Quais são os principais requisitos para tirar projetos inclusivos do papel?

Bom, não há uma única resposta certa para essas perguntas. Porém, acredito ser importante compartilhar o pensamento de que produtos acessíveis não devem ser pensados e desenvolvidos por quem não vive a falta de inclusão na pele.

Vou dar um exemplo. Suponha que um jovem Product Owner precise criar um aplicativo para pessoas mais velhas. Se esse PO não tem uma boa noção de quais são os principais problemas de usabilidade para idosos, qual é a chance do produto subir para produção cheio de percalços que dificultam a experiência do usuário?

Certo, a chance é grande. O mesmo acontece quando pessoas que não têm mobilidade limitada são as únicas envolvidas num projeto direcionado a pessoas que as têm. Como um designer sem deficiência vai desenhar produtos para pessoas de baixa capacidade auditiva, cognitiva e visual?

Essa questão é muito importante. Ignorar as necessidades reais de pessoas com deficiência é ignorar aproximadamente 45 milhões de usuários, só no Brasil. Além disso, nenhuma empresa quer admitir abertamente aos seus consumidores que está criando produtos exclusivos.

Em paralelo, a inclusão e a representatividade de PCDs (pessoas com deficiência) é cada vez mais urgente nas empresas. Isso acontece porque só pessoas que vivenciam situações cotidianas podem apontar as melhores funcionalidades e a melhor jornada dentro de um produto digital acessível, seja ele um app, um e-commerce ou um blog.

Nesses momentos, é crucial entender qual é o produto ideal junto ao usuário.

Se ainda resta alguma dúvida de como fazer isso, aqui vai uma dica: chame o usuário, veja como ele se comporta ao usar sua aplicação, note quais são os maiores problemas de acessibilidade e o que deve ser feito para evitá-los no seu produto.

Além disso, quando lançar versões mais acessíveis, não deixe de pedir o feedback constante do usuário. Sem feedback, é altamente provável que seu produto continue falhando na hora de corresponder às expectativas de todos os usuários.

Uma das grandes sacadas para criar produtos acessíveis é fazer a acessibilidade parte da rotina do time de desenvolvimento, e não uma ação separada que acontece de vez em quando.

Na prática, isso quer dizer que:

  • Todas as novas funcionalidades do produto devem ser e estar acessíveis;
  • Critérios de acessibilidade devem ser definidos e levados em consideração no definition of done (definição de pronto);
  • O legado do produto deve ser revisado, mesmo que de pouco em pouco, para torná-lo mais acessível.

É claro que há muito mais a ser feito. A navegação deve ser repensada; o conteúdo, adequado; a usabilidade, frequentemente testada. Lembre-se de que estamos falando de rotina, o que implica uma série de ações que devem ser implementadas e melhoradas ao longo do tempo.

Trabalhe com feedback constante, veja o que outros times que são referência estão fazendo, estude sobre sobre o tema. Mas, acima de tudo, mantenha um canal aberto e empático de comunicação para entender a acessibilidade de verdade, sem achismos.

Por fim, é importante deixar claro que acessibilidade não é uma questão de caridade ou altruísmo. Ela é um requisito básico e as empresas que não se atentarem a ela deixam de conquistar uma fatia importantíssima do mercado.

Danilo Ferreira

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store