Chegou a hora de aprender ciência dos dados

A jornada de aprendizado de um Data Noob

Há 6 anos, ficou claro que o caminho tradicional não fazia sentido.

Uma competição profissional cada vez maior por vagas cada vez mais escassas de um lado e empresas reclamando da falta de profissionais competentes de outro. Algo não equação não fechava.

A realidade é a seguinte: o modelo padrão de educação está quebrado. Não funciona. A mudança tem passado pela nossa frente e, como sociedade, somos lentos em se adaptar. Como indivíduos, nossa única vantagem é ir atrás do que gera os resultados que desejamos, investigando por conta própria.

Nesse cenário, o Data Noob surge como um manifesto.

No nível mais simples, você pode enxergá-lo como um repositório onde vou documentar minhas notas na jornada de aprendizado sobre Ciência dos Dados. Principais dificuldades das aulas, aprendizados, conteúdos interessantes e, em breve espero, minhas análises.

Em um nível mais profundo, Data Noob é um espaço revolucionário, de rebeldia. É um atestado contra as instituições tradicionais de educação; é uma mostra do poder da educação autoguiada, da exploração dos meios disponíveis para se recriar e construir novos caminhos profissionais.

Quem faz

Prazer, eu sou Paulo Ribeiro.

Há 6 anos, comecei com um amigo o Estrategistas, um portal onde compartilhamos tudo que estamos aprendendo sobre como viver uma vida melhor. O portal cresceu, já atingiu 1 milhão de acessos, impactando diretamente a vida de milhares de pessoas.

Desde então, venho seguindo uma carreira não-tradicional que tem funcionado bem. De especialista em aprendizado, a gerente de marketing, a empreender um negócio e vendê-lo em um ano, a criar uma nova profissão no Brasil. Nada disso seguiu os moldes comuns ou os conselhos tradicionais que você ouve por aí.

Sempre segui o que compartilhávamos no Estrategistas e, embora parecesse maluco para quem olhasse de fora, o preço se pagou: deu certo.


Algo que sempre permeou tudo que fiz foi minha curiosidade, desde meu interesse lá atrás de entender como o universo é composto, por isso a paixão por química e a graduação em engenharia química.

Hoje, aprendi que é preciso ser bom em algo. Para ser bom, é preciso estar engajado com a aquilo. Se não for algo que você goste ou desperte sua curiosidade, você nunca vai ficar bom o suficiente para se destacar. Por isso, o segredo profissional não contado é alavancar aquilo que te deixa curioso.

Ou, como Taylor Pearson coloca bem:

Sempre faça mais do que é fácil para você e difícil para os outros.

Ciência dos dados para mim, hoje, é isso: uma habilidade que me permite seguir a curiosidade, respondendo minhas perguntas com dados.

Embora não agregue diretamente ao meu dia a dia com Operações de Negócio, tudo que me ajuda a pensar melhor, ajuda a me desenvolver e resolver melhores problemas.

Como será a jornada?

Noob é uma expressão que traduz bem como “iniciante”.

Data noob, portanto, “iniciante nos dados”. Minha experiência com análises de dados se limita ao excel e ao google planilhas. Tenho alguma familiaridade com programação — Matlab na faculdade, Udacity há alguns anos — mas a linguagem base explorada é nova, R.

Embora engenheiro e já com uma mente analítica, estou começando oficialmente do zero e escolhi a especialização do Coursera, composta por 10 módulos, como ambiente de aprendizado. Discutiremos o porquê dessa ter sido a escolhida em breve.

Como pode te beneficiar

Há 3 níveis diretos pelos quais você pode se beneficiar de acompanhar o Data Noob.

  1. Se você quiser aprender data science, claro. Poderá ter aqui um parceiro virtual de jornada, para trocar figurinhas e discutir a respeito. Imagine como um amigo de sala de aula, onde a sala de aula é a internet.
  2. Se você quiser aprender alguma coisa nova e não sabe como melhor explorar a internet para isso — ou fica perdido com tantas opções a sua volta.
  3. Se você quer saber mais sobre como nosso sistema de educação está quebrado, formas alternativas de crescer profissionalmente e o que você pode fazer a respeito.

Eu não estou buscando mudar de carreira, mas se eu estivesse, faria exatamente o que estou fazendo agora para alavancar oportunidades profissionais no futuro (o passo a passo já foi descrito).

Como seguir

Você pode seguir a publicação Data Noob abaixo, se for usuário do Medium. Caso contrário, deixe seu email a seguir que avisarei de novos textos.

Se gostou do texto, lembre-se de dar aqueles 50 claps clicando nas palminhas e apoiar meu trabalho. É rápido e ajuda bastante a outras pessoas descobrirem esse tipo de conteúdo.