Relatório quinzenal da Operação Serenata de Amor — 004

Mantendo nossa palavra de trilhar o caminho da transparência, você está lendo o quarto relatório quinzenal da Serenata. Vamos falar mais sobre o progresso que tivemos nos últimos dias de trabalho do time.

Você também pode ler os relatórios passados:

Jarbas RELOADED

Jarbas é o sistema que construímos para que possamos navegar entre os reembolsos dos deputados, uma maneira fácil de ver os dados públicos brutos disponíveis pelo Governo e mostra também o cruzamento de vários bancos de dados publicamente acessíveis.

É também lá que planejamos mostrar o que a Rosie (nossa Robô que identifica a probabilidade de ilegalidade de um gasto) tem a dizer sobre cada um dos reembolsos.

Nesses últimos quinze dias, o Jarbas evoluiu tanto que mereceu uma seção própria aqui no nosso relatório. Estávamos ansiosos para compartilhar com você esses avanços:

  • Dentro do Jarbas, agora um reembolso exibe as suspeitas que a Rosie tem sobre ele — de uma forma bastante fácil de compreender. Você pode ver aqui o exemplo de um reembolso suspeito.
  • Quando acessamos um reembolso, agora podemos ver outros gastos feitos no mesmo dia por aquele deputado. Bastante útil para auditarmos casos onde um dia específico traz uma distribuição anormal de gastos. Veja um exemplo.
  • Ainda em um reembolso específico, o Jarbas agora nos mostra outros gastos feitos com a mesma cota dentro do mês que o reembolso está. Se estamos vendo uma nota de reembolso de impressão de material gráfico, por exemplo, conseguimos ver todos os outros gastos com esse mesmo serviço naquele mês. Veja um exemplo.
  • Quando o gasto é feito no exterior, temos um link para a conversão automática da moeda. Veja um exemplo.
  • Melhorias técnicas: HTTPS, Elm 0.18, implementação de mais testes no front-end, melhorias em rotinas de atualização do banco de dados usando concorrência (que fizeram o processo ficar consideravelmente mais rápido), implementação de cache (que fez a navegação no sistema ficar consideravelmente mais rápida).

Sabemos que a navegação na interface ainda está bastante técnica — estamos planejando as próximas atualizações onde vamos implementar melhorias como poder buscar por nome do deputado ao invés do seu código no banco de dados.

Novos dados e suspeitas

DÊ-ME DADOS

Quanto mais dados tivermos, mais fácil será de validar futuras hipóteses sobre gastos ilegais.

Nos últimos dias, tivemos mais uma contribuição incrível do Fabio Rehm, onde agora passamos a coletar:

Dados como esses nos ajudam a saber, por exemplo, se um deputado tem um gasto feito em um lugar diferente de Brasília enquanto estava em sessão.

NEGOCIANDO COM O ESPELHO

Encontramos casos intrigantes de deputados que parecem ter feito doações e compras em empresas que tem seu próprio nome ou seu próprio CPF.

Você pode conferir a análise aqui. É importante deixar claro que todos esses casos necessitam de uma investigação mais a fundo. Pode existir erro humano na hora do preenchimento dos formulários — por mais que a fidelidade desses dados seja de responsabilidade do próprio deputado. Se acreditarmos que pode ser denunciado, o faremos.

Facilitando o processo de denúncias

Toda vez que fazíamos uma denúncia para a Câmara sobre algum gasto que considerávamos suspeito, perdíamos entre 5 a 10 minutos. Como bons profissionais de tecnologia, conseguimos enxergar muito espaço para automação.

Nos últimos dias criamos uma extensão para o Google Chrome, que facilita a denúncia de um reembolso que estamos visualizando no Jarbas.

Viu o gasto e confirmou que as suspeitas da Rosie fazem sentido? Um clique no botão do seu Chrome e você já está no site da Câmara, com o formulário de denúncia pré preenchido com os endereços das notas e com algumas opções de templates de texto para casos recorrentes.

Sistema para gerenciamento de denúncias

Com todas as denúncias de reembolsos suspeitos que estamos fazendo, precisávamos de um lugar próprio para organizar esse trabalho.

Criamos um pequeno sistema para gerenciar isso, que aliado a uma planilha, nos deixa visualizar os reembolsos com maior probabilidade nas suspeitas, junto do seu status: já foi denunciado? Estamos aguardando resposta da Câmara?

Nosso plano é de torna-lo público em breve, para que qualquer um possa ver reembolsos suspeitos e se já iniciamos uma auditoria, se foi denunciado e se teve dinheiro devolvido.

Hackaton de denúncias para a Câmara

Não é a toa que resolvemos agilizar o processo de denúncia automatizando boa parte do trabalho e criamos um sistema para gerenciar casos sendo investigados.

Hoje temos mais de 3000 reembolsos suspeitos apontados pela Rosie em mãos, possivelmente representando milhões de reais usados indevidamente . E estamos nos preparando para dar vazão a todos eles na semana que vem. São milhares de casos a serem investigados e denunciados à Câmara.

Já havíamos comentado no último relatório sobre o mutirão que estávamos começando a organizar, e hoje estamos na beira do seu início: segunda-feira, junto com a ABRAJI, contaremos com um time dos melhores jornalistas investigativos do Brasil fazendo excelentes denúncias desses mais de 3000 casos.

Essa será a primeira vez que uma denúncia de um caso apontado pela Rosie será feito por alguém de fora do time que lidera a Operação Serenata de Amor. Temos total ciência que muitas pessoas se cadastraram como investigadores voluntários, e esse mutirão também serve para formalizarmos o processo de denúncia. Com isso feito, se você já se cadastrou como voluntário, finalmente poderá começar a ajudar. Espere por novidades especificamente sobre no próximo relatório.

Sistema de denúncias da Câmara dos Deputados

Na preparação para a hackaton de denúncias, enquanto melhorávamos as ferramentas de auditoria, descobrimos que a Câmara dos Deputados mudou a forma que recebe pedidos de acesso à informação, método que usamos para denunciar casos que acreditamos serem abusos da Cota para Exercício da Atividade Parlamentar.

Irio Musskopf, líder técnico da Serenata, escreveu um post completo sobre o a investigação que fez sobre a implantação do sistema no Governo. Dica: custou R$ 1,78 milhões. Vale conferir.

O impacto da Operação Serenata de Amor na política

Começamos a analisar qual foi o nosso impacto na política e na corrupção brasileira desde que começamos com o projeto. Ainda precisamos olhar os dados que temos com calma, mas talvez já tenhamos causado um impacto positivo na Câmara dos Deputados.

Nos últimos dias, também submetemos o projeto para o Data for Democracy, grupo que centraliza pessoas que querem trabalhar em projetos de dados para construir uma sociedade mais forte.

Isso levou DJ Patil, cientista de dados chefe da Casa Branca e a pessoa que inventou o termo data science ter conhecimento sobre o Serenata.

O fim da Serenata

Com o mutirão de denúncias e a publicação de todas as ferramentas que construímos, para que qualquer pessoa possa ver reembolsos suspeitos apontados por nossa inteligência artificial e fazer denúncias por conta própria, finalizaremos essa etapa da Operação Serenata de Amor (que só foi possível graças a pessoas incríveis que contribuíram com o nosso financiamento coletivo).

Sabemos que podemos fazer muito mais, e estamos ponderando sobre maneiras de seguir com o projeto após o fim dos recursos que arrecadamos.

Uma dessas maneiras é através da busca de investimento por empresas e fundações. Se você conhece organizações interessadas em nos manter por mais tempo, podemos apresentar como elas podem ganhar ao investir contra corrupção de uma forma eficiente. Fale com a gente.

Também estamos aceitando doações através do Paypal e pela carteira de Bitcoin 1Gbvfjmjvur7qwbwNFdPSNDgx66KSdVB5b.

A camiseta e a caneca que você mais quer

Se você contribuiu com o nosso projeto de financiamento coletivo e está ansioso para sair por aí com sua camiseta ou quer ser o cara mais legal do escritório com a sua caneca, boas novas!

Já podemos confirmar que envio das camisetas vai começar na segunda quinzena de Janeiro, junto da querida caixinha com o bombom e a carta (redigida com muito carinho por esse que vos escreve e o resto da equipe).

Para acompanhar o projeto

Para saber mais sobre o que acontece no dia a dia do projeto, nos siga no Facebook. Se certifique também de nos seguir no Medium para não perder os próximos reports quinzenais.


Em nome de toda equipe da Operação Serenata de Amor, o nosso agradecimento enorme para todos que estão contribuindo e ajudando com o projeto.

Você pode fazer com que a Operação Serenata de Amor não chegue ao fim nos ajudando aqui.