Memória e misericórdia

Giovanni Alecrim
Dec 30, 2020 · 6 min read

Povo de Israel confessa seus pecados

Image for post
Image for post

⁶“Somente tu és o Senhor. Fizeste o céu e os céus além do céu, e todas as estrelas. Fizeste a terra, os mares, e tudo que neles há. Preservas todos os seres com vida, e o exército dos céus te presta adoração.

⁷“Tu és o Senhor Deus, que escolheste Abrão, o trouxeste de Ur dos caldeus e lhe deste o nome de Abraão. ⁸Viste a fidelidade de seu coração e fizeste com ele uma aliança, para dar a ele e à sua descendência a terra dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos ferezeus, dos jebuseus e dos girgaseus. E cumpriste tua promessa, pois és sempre fiel à tua palavra.

⁹“Viste a aflição de nossos antepassados no Egito e ouviste os clamores deles junto ao mar Vermelho. ¹⁰Fizeste sinais e maravilhas contra o faraó, seus oficiais e todo o seu povo, pois sabias como tratavam arrogantemente nossos antepassados. Tens uma fama tremenda, que não foi esquecida. ¹¹Dividiste o mar, para que teu povo atravessasse em terra seca, e depois lançaste seus inimigos nas profundezas do mar, e eles afundaram como pedras nas águas impetuosas. ¹²Conduziste nossos antepassados com uma coluna de nuvem durante o dia e uma coluna de fogo durante a noite, para que encontrassem o caminho por onde deviam ir.

¹³“Desceste ao monte Sinai e falaste com eles do céu. Deste estatutos justos, leis verdadeiras e decretos e mandamentos bons. ¹⁴Tu os instruíste a respeito de teu sábado santo. Ordenaste, por meio de teu servo Moisés, que obedecessem a teus mandamentos, decretos e leis.

¹⁵“Providenciaste-lhes pão do céu quando tiveram fome e água da rocha quando tiveram sede. Ordenaste que fossem e tomassem posse da terra que juraste lhes dar.

¹⁶“Nossos antepassados, porém, eram orgulhosos e teimosos e não deram atenção a teus mandamentos. ¹⁷Não quiseram obedecer e não se lembraram dos milagres que havias realizado em favor deles. Em vez disso, rebelaram-se e nomearam um líder para levá-los de volta à escravidão no Egito. Mas tu és Deus de perdão, misericordioso e compassivo, lento para se irar e cheio de amor. Não os abandonaste, ¹⁸mesmo quando fizeram um ídolo em forma de bezerro e disseram: ‘Este é seu deus que os tirou do Egito!’. Sim, cometeram blasfêmias terríveis!

¹⁹“Mas, em tua grande misericórdia, não os abandonaste para morrer no deserto. A coluna de nuvem continuava a conduzi-los durante o dia, e a coluna de fogo lhes mostrava o caminho durante a noite. ²⁰Enviaste teu bom Espírito para instruí-los e não deixaste de lhes dar maná do céu para se alimentarem, nem água para matarem a sede. ²¹Tu os sustentaste no deserto durante quarenta anos, e nada lhes faltou. Suas roupas não se desgastaram, nem seus pés ficaram inchados.

²²“Depois, entregaste reinos e nações a nossos antepassados e distribuíste teu povo por todos os cantos da terra. Eles tomaram posse da terra de Seom, rei de Hesbom, e da terra de Ogue, rei de Basã. ²³Tornaste seus descendentes tão numerosos como as estrelas do céu e os trouxeste para a terra que havias prometido a seus antepassados.

²⁴“Eles entraram e tomaram posse da terra. Tu derrotaste nações inteiras diante deles e entregaste nas mãos de teu povo os cananeus que habitavam na terra. Teu povo fez o que quis com essas nações e seus reis. ²⁵Nossos antepassados conquistaram cidades fortificadas e terras férteis. Apossaram-se de casas cheias de coisas boas, com cisternas já escavadas e com vinhedos, olivais e muitas árvores frutíferas. Comeram até se fartar, engordaram e desfrutaram de tuas muitas bênçãos.

²⁶“Apesar de tudo isso, foram desobedientes e se rebelaram contra ti. Deram as costas para tua Lei, mataram os profetas que enviaste para adverti-los a voltarem para ti e cometeram blasfêmias terríveis. ²⁷Por isso, tu os entregaste nas mãos de seus inimigos, que os fizeram sofrer. Nos momentos de angústia, porém, clamaram a ti, e tu os ouviste do céu. Em tua grande misericórdia, enviaste libertadores que os livraram de seus inimigos.

²⁸“Mas, assim que teu povo tinha descanso, voltava a praticar o mal diante de ti. Portanto, permitiste que seus inimigos os dominassem. E, no entanto, quando teu povo voltava para ti e pedia socorro, tu os ouvias novamente. Em tua misericórdia, tu os resgataste muitas vezes.

²⁹“Tu os advertiste a voltarem para tua Lei, mas eles se tornaram orgulhosos e desobedeceram a teus mandamentos. Não cumpriram teus estatutos, que dão vida a quem lhes obedece. Em rebeldia, deram as costas para ti e, teimosamente, não quiseram ouvir. ³⁰Por muitos anos, foste paciente com eles. Enviaste teu Espírito, que os advertiu por meio dos profetas. Ainda assim, eles se recusaram a ouvir. Por isso, mais uma vez, permitiste que os povos da terra os dominassem. ³¹Em tua grande misericórdia, porém, não os destruíste completamente nem os abandonaste para sempre. Que Deus bondoso e compassivo tu és!

³²“Agora, nosso Deus, o grande, poderoso e temível Deus, que guardas tua aliança de amor leal, não permitas que te pareçam insignificantes todas as dificuldades que enfrentamos. Grande aflição veio sobre nós e sobre nossos reis, líderes, sacerdotes, profetas e antepassados, sobre todo o teu povo, desde os dias em que os reis da Assíria triunfaram sobre nós até hoje. ³³Foste justo todas as vezes que nos castigaste. Agimos perversamente e nos deste apenas o que merecíamos. ³⁴Nossos reis, líderes, sacerdotes e antepassados não obedeceram à tua lei nem deram ouvidos às advertências em teus mandamentos e preceitos. ³⁵Mesmo quando tinham seu próprio reino, não te serviram, apesar de teres derramado tua bondade sobre eles. Deste-lhes uma terra ampla e fértil, mas eles não quiseram servir-te nem abandonar sua perversidade.

³⁶“Por isso, hoje somos escravos na terra de fartura que deste a nossos antepassados para que desfrutassem dela. Somos escravos aqui nesta boa terra. ³⁷A grande produção desta terra se acumula nas mãos dos reis que puseste sobre nós por causa de nossos pecados. Eles têm poder sobre nós e sobre nossos rebanhos. Nós lhes servimos como eles querem e estamos em grande angústia”. (Neemias 9.6–37)

sta grande oração pode ser chamada de uma oração de confissão e, como toda confissão, ela vem com um grande momento de rememorar os feitos de Deus no passado, evocando assim sua misericórdia. Percebam como a estrutura da oração caminha pela história do povo para fundamentar o pedido de misericórdia:

  • Exalta o poder de Javé (6)
  • Rememoração (7–31)
  • Abraão (7–8)
  • Êxodo (9–21)
  • Egito e o êxodo (9–12)
  • A Lei (13–14)
  • Sustento (15)
  • Rebeldia (16–18)
  • Misericórdia (19–21)
  • Guerras de conquista de Canaã (22–23)
  • Estabelecimento em Canaã (24–25)
  • Período dos Juízes (26–27)
  • Javé é atencioso (28)
  • Rebeldia do povo, bondade de Javé (29–31)
  • O reconhecimento de seus erros (32–35)
  • O sofrimento (36–37)

Lendo calmamente o texto, você perceberá como a oração faz questão de mostrar os problemas enfrentados pelo povo e a fidelidade de Javé ao longo do caminho. No Êxodo temos a primeira menção à rebeldia, e sempre que o povo se esquece de Javé, se volta contra seus ensinos, Javé vem em seu socorro, agindo com justiça e misericórdia.

Interessante notar como este capítulo 9 narra o que aconteceu logo após a leitura dos rolos da Lei, no capítulo 8, pelo escriba Esdras. Vemos diversos ecos da Lei ao longo da oração, da qual destaco a do verso 17 “Mas tu és Deus de perdão, misericordioso e compassivo, lento para se irar e cheio de amor”. Para aquele povo sofrido, que vivia submisso ao domínio estrangeiro, tendo como sombra um passado de conquistas e glórias que foram se perdendo ao longo das gerações, olhar para seu histórico antes de reconhecer seu erro é uma forma de lembrar o quanto seus antepassados não são perfeitos e o quanto Javé é misericordioso e compassivo.

O capítulo 9 de Neemias registra uma grande oração do povo de Deus. Esta é uma oração de arrependimento e confissão de pecados. Na parte final desta oração, o povo reconhece que a justiça vem de Deus e que ela se aplica de maneira favorável a quem é obediente e fiel ao Senhor. Este reconhecimento vem por conta do passado de aflição e dor que o povo atravessou quando estava cativo. A justiça de Deus não falha. O povo bem sabia que, se permanecessem fiéis, eles experimentariam a abundância de recursos e a paz de Deus em suas vidas. Para tal, era preciso se colocar no seu devido lugar, era preciso se reconhecer como servo de Deus pronto a servir ao Senhor. A obediência é característica de quem é servo fiel, que atende ao chamado e às ordens de seu Senhor. Hoje, ao orar, lembre-se que Deus nos dá com abundância segundo a sua vontade e que ele não nos desampara nunca, pois caminha conosco, derramando sua misericórdia e sua justiça, não nos deixando sós e nos guardando onde quer que estejamos.

O presente texto foi escrito para a aula de Escola Dominical da Igreja Presbiteriana Independente de Tucuruvi, São Paulo, SP, em 30 de dezembro de 2020

Índice das aulas

O índice é atualizado no artigo da primeira lição.

De casa em casa

Cursos e aulas para uso em comunidades de fé

Giovanni Alecrim

Written by

💻 Escritor | ✝️ Pastor | 🖥️ Design | Mais informações: https://cafecomalecrim.com.br

De casa em casa

Estudos escritos com graça e amor para seu crescimento

Giovanni Alecrim

Written by

💻 Escritor | ✝️ Pastor | 🖥️ Design | Mais informações: https://cafecomalecrim.com.br

De casa em casa

Estudos escritos com graça e amor para seu crescimento

Medium is an open platform where 170 million readers come to find insightful and dynamic thinking. Here, expert and undiscovered voices alike dive into the heart of any topic and bring new ideas to the surface. Learn more

Follow the writers, publications, and topics that matter to you, and you’ll see them on your homepage and in your inbox. Explore

If you have a story to tell, knowledge to share, or a perspective to offer — welcome home. It’s easy and free to post your thinking on any topic. Write on Medium

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store