Seja feita a tua vontade, e não a minha

Jesus pede a ajuda de Deus

³⁹Ele avançou um pouco, curvou-se com o rosto no chão e orou: “Meu Pai! Se for possível, afasta de mim este cálice. Contudo, que seja feita a tua vontade, e não a minha”.

⁴⁰Depois, voltou aos discípulos e os encontrou dormindo. “Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora?”, disse ele a Pedro. ⁴¹“Vigiem e orem para que não cedam à tentação, pois o espírito está disposto, mas a carne é fraca.”

⁴²Então os deixou pela segunda vez e orou: “Meu Pai! Se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade”. ⁴³Quando voltou pela segunda vez, encontrou-os dormindo de novo, pois não conseguiam manter os olhos abertos.

⁴⁴Foi orar pela terceira vez, dizendo novamente as mesmas coisas. (Mateus 26.39–44)

Índice das aulas

Aprendendo com Jesus a leveza de viver | Pastor e escritor | giovannialecrim.com.br