A reação de uma mulher torturada por Ustra ao ler comentários pró-ditadura nas redes sociais

Foto: Francisco Toledo/Democratize

O Democratize mostrou para Lúcia Skromov, militante torturada pelo Coronel Ustra, comentários defendendo o carrasco da ditadura militar nas redes sociais e em sites de notícias. A reação foi uma verdadeira aula de história, para que aquele passado não volte nunca mais.


Não é fácil passar pela sessão de comentários nas redes sociais ou em sites de notícias.

De cômico até trágico, boa parte dos “comentaristas de Internet” sobre política acabam ultrapassando limites considerados como aceitáveis, chegando a defender a ditadura militar e fazendo apologia para práticas como a tortura contra inimigos políticos.

A Agência Democratize resolveu ler alguns desses comentários para Lúcia Skromov, torturada na década de 70 pelo polêmico Coronel Ustra — homenageado pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) durante votação do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), em abril deste ano.

O carrasco da ditadura voltou a ser assunto por conta da homenagem feita por Bolsonaro, criticado massivamente pela opinião pública pela péssima escolha. E claro, nas redes sociais, não faltou seguidor defendendo a posição do deputado.

Veja como foi a reação de Lúcia, uma verdadeira aula de história para evitar que o passado tenebroso volte nos dias de hoje.