Microcopy: como ir além de um termo da moda

Direto ao ponto, o microcopy pode ser explicado por aqueles pequenos pedaços de texto que rotulam elementos informativos ou que pedem ações específicas em produtos

Filipe Corrêa
Nov 27, 2019 · 5 min read

Bem tranquilo de entender, não é mesmo? #sqn

Durante o processo de escrita e elaboração de uma comunicação efetiva dentro de um produto digital, assim como em qualquer outra tarefa, existem algumas regras e processos a serem seguidos — zelando pela boa aplicação dos textos e do tom de voz na solução.

Para usar corretamente o microcopy, por exemplo, é indispensável a utilização de uma linguagem efetiva, acessível e objetiva para todas as pessoas que irão lê-las. Eu disse todas.

Também é importante mencionar que quanto menor um texto, mais tempo se leva para criá-lo. Aí você pensa: tá louco, Filipe? É muito mais rápido escrever 2 frases do que 2 parágrafos.

No caso do microcopy, eu digo que não. E vou te provar. 🤓

Por que bananas, hein?

Como encurtar frases explicativas?

Olhe essa frase aqui embaixo:

Algo saiu errado e a página não carregou corretamente. Por favor, clique aqui para retornar à página anterior.

Agora, te convido a fazer um exercício: tente transmitir o mesmo sentido dessa mensagem com apenas 3 palavras. Valendo!

.

.

.

Não consegue, né, Moisés? 😢

Pois é. Por isso, há cada vez mais uma busca por profissionais que têm justamente essa missão: encurtar frases e definir termos extremamente complexos e indispensáveis para as pessoas que usam produtos digitais — os UX writers, content designers, UX content etc.

Bom, mesmo que em muitos momentos o microcopy seja apenas uma questão de decisões lógicas e cuidadosas em relação à mensagem que você deseja passar, é preciso dizer que a escrita pode se tornar algo bastante complicado e cheio de armadilhas.

Pra que você nunca, jamais, em hipótese alguma, caia nessas dificuldades, abaixo listamos algumas dicas que ajudam bastante a tornar seu processo de criação textual muito mais fácil e assertivo.


Conte histórias, seja prático

Contar histórias em produtos é algo que, além de traduzir o branding da empresa, cria empatia em quem o usa, fazendo com que as experiências sejam mais próximas, amigáveis e interessantes.

Estando essas informações acessíveis, os pensamentos criativo e analítico das pessoas da sua equipe se tornam mais acessíveis. E a relação entre uma boa narrativa e o design de produto fica mais próxima.

Mas atenção! Praticidade é necessária. Para tal, é de grande valia ter uma história de uso e um fluxo ou jornada documentados para que qualquer pessoa possa acessar. Assim, será mais fácil obter uma imagem ampla e permitir a criação do copy mais rapidamente.

Para começar, crie seus documentos e realize estudos. Saiba quem é a sua persona, defina o seu grupo de clientes alvo e trabalhe sempre para este grupo.

Identifique problemas. O que você pretende solucionar? O que te impede de solucioná-lo agora? E daqui 2 meses? E em 6 meses? Pense em grandes e pequenos problemas que possam te impedir de aplicar uma solução.

Após concordar com os problemas, chega o momento da solução. Idealize cada resolução possível. Como resultado, você poderá identificar a melhor maneira de resolver seu problema e agir.

Crie, estude, aposte, teste, idealize e solucione

Defina seu produto

No caso do microcopy, é muito provável que seu produto já esteja definido — e eu espero que sim! No entanto, para que uma mensagem seja definida com clareza e total eficácia, alguns passos são bem triviais.

Pesquisa. Use e abuse de benchmarks, entrevistas, verbetes, tom de voz, branding… Quando cansar, consulte guias de estilo, playbooks e fale com as pessoas que realmente usam o seu produto.

Análises. Depois de pesquisar, analisar os dados pode trazer a paz interior. Contra fatos não há argumentos, já dizia minha avó. E nada melhor do que dados para te ajudarem na construção desse argumento.

Validação. Valide sua solução com gerentes de produto, desenvolvedores, UX designers e outros UX writers. Afinal, a galera da sua equipe também é experiente e pode contribuir bastante.

Tentativas e testes. Escreva quantas vezes forem necessárias até que você esteja completamente confortável e satisfeito com a solução proposta. Se preciso, proponha 2 ou 3 versões de um copy e parta para os testes.

Lembre-se: somente as pessoas que realmente usam o produto poderão dar a palavra final — aka, trocadilho barato!


Use o efeito da posição serial

Essa é batida, mas extremamente correta e necessária.

Itens ou informações empregadas no início ou fim de um elemento ou frase tendem a ser muito mais lembrados do que as informações que ficam pelo meio do caminho.

Ao ler, as pessoas prestam mais atenção nas 3 primeiras e nas 3 últimas palavras de uma frase, por exemplo. Pense nas principais informações de um produto que você tenha usado recentemente, onde elas estão posicionadas de forma estratégica? 🤔

Tentar e testar são verbos constantes

Faz sentido?

E aí, seu microcopy faz sentido? Mais do que dizer o que fazer, quero te convidar a pensar.

É útil? Seu copy atende às necessidades de quem usa a solução? As frases são coerentes com todo os elementos do seu produto?

Ficou coeso e conciso? Qualquer pessoa que leia as suas palavras vão saber do que se trata? Caso requisite uma ação, elas irão conseguir executá-la sem problemas? Tudo o que está escrito no seu fluxo conversa com quem usa o produto?


Por fim, fragmentar as principais motivações de quem usa o produto é essencial para chegar a uma redação realmente útil. No caso do microcopy, nem se fala.

Naquele momento em que você tem apenas uma palavra para colocar em um botão que exerce a principal função da ferramenta, é preciso garantir que essa palavra cumpra com o objetivo principal de quem irá clicar ali (ou tocar, né mobile?).

Louco, né? Tão pequeno e tão complexo. 🤯

UX Resultados Digitais

Experiências do time de design por trás do RD Station

Filipe Corrêa

Written by

Product Designer, Journalist, and barista into the fantastic Design world.

UX Resultados Digitais

Experiências do time de design por trás do RD Station

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade