Dia 17: A fé no invisível.


“Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Pois foi por meio dela que os antigos receberam bom testemunho. Pela fé entendemos que o universo foi formado pela palavra de Deus, de modo que aquilo que se vê não foi feito do que é visível.” (Hebreus 11:1–3)

Hoje fé se tornou uma coisa totalmente experimental, diria que muito por causa do movimento pentecostal que resumiu a ação do Espírito Santo a momentos de êxtase emocional e que tem gerado um abandono gradual de um fé minimamente racional.

Isso tem sido prejudicial para a igreja como um todo, as pessoas têm valorizado mais o que elas sentem do que a palavra de Deus de fato. Muitas vezes pessoas que se empenham em estudar a palavra de maneira séria são chamadas de “frias” e “pouco espirituais” com base em um evangelho distorcido baseado em emocionalismo barato.

O poder do Espírito Santo é o que nos convence das mazelas do pecado em nossas vidas, nos ressuscita espiritualmente quebrando nosso coração antes de pedra e nos dando nova vida em Cristo. O papel do Espírito é apontar para Cristo! Não ser protagonista de um show de cambalhotas! A fé é muito mais silenciosa do que é exibido na televisão.

Ter fé é por vezes orar, chorar e clamar e ter como resposta o silêncio, é confiar que Deus fará o melhor em sua vida mesmo que tudo pareça estar errado, é acreditar que o Filho de Deus, o próprio Deus, se fez como escravo para que pudêssemos ser livres.

Gritos, rodopios e profecias baratas não são o poder do Espírito. Eu, um imundo pecador, merecedor da condenação eterna que declaro abertamente que Jesus Cristo é o meu Senhor, que sei que nada sou sem ele e que por causa do seu poder na minha vida posso chamar a Deus de Pai, sou um verdadeiro sinal do agir do Espírito de Deus. Essa afirmação é igualmente verdadeira na vida de qualquer cristão.

Sejamos então luzeiros que brilham o poder do Espírito para a glória de Cristo.


Esse texto faz parte de uma serie de textos, se você se interessou (?) pode achar outros como esse aqui “Devocionais de um Tolo”.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gabriel Carneiro.’s story.