Quem vai formar

a nova geração?

Lisânias Moura, Pastor Senior da Igreja Batista do Morumbi


A Nova Geração está atrás de ver uma autenticidade naqueles que estão à frente e, uma causa pela qual possa viver. Eles, que são parte da Nova Geração, não estão atrás de pessoas perfeitas, mas querem ver pessoas reais, que não fazem de conta que são íntegras, mas que são íntegras e admitem suas fraquezas quando são fracos. A Nova Geração não está atrás de super-homens ou supermulheres, mas quer seguir aqueles que queiram andar com eles e com esses aprender de seus erros e acertos.

Quem tem o maior potencial, então, para formar uma nova geração com os valores corretos? Esta direção e resposta, podemos encontrar na Palavra de Deus. Quando olhamos a história dos líderes da nação de Israel vemos que os grandes líderes, em geral, vieram de famílias cujos pais “andavam com Deus”. O maior rei da história de Israel, Salomão, viu no seu pai a mão de Deus e alguém que podia imitar (1Reis 3). Esta influência não garantiu a Salomão um final de vida piedoso, pois por própria escolha resolveu afastar-se de Deus em sua velhice e destruiu aquilo que tão bem havia começado. Davi fez seu papel e Salomão fez suas escolhas. Mas, a influência de Davi foi usada por Deus para formar um rei que modelou aquela geração.

É em casa que os filhos vão aprender sobre integridade, prioridades, como andar com Deus, como lidar com as frustrações da vida sem culpar a Deus ou os outros, mas aprendem a assumir suas responsabilidades. É no exemplo dos pais que a Nova Geração vai aprender autenticidade. Quando os pais dizem que seguem a Jesus e pagam o preço da obediência, admitindo quando erram na obediência e vão a Deus para receber ajuda; demonstram nesse momento que os filhos precisam ver nos pais: pessoas que vivem por uma causa! A causa de fazer aquilo que agrada a Deus deixando em Suas mãos o resultado desta causa.

Então, é aqui que entra a igreja. Nenhum pai ou mãe sabe vivenciar por si mesmos esta vida que a Nova Geração precisa. Mas, junto com a igreja, os pais podem ser sobre os filhos a grande influência que eles carecem. É deste “time” que a Nova Geração vai ganhar a direção de Deus para que no mundo onde vive, seja íntegra, valorize o que Deus valoriza e serve sem exigir o ser servido, ganha recursos para repartir recursos, seja a voz do sem voz, ame os que não são amados, viva por uma causa, assim como Jesus.

A Nova Geração está gritando, “mostrem-me como viver e o porquê viver”. Pais respondem buscando a Deus para viver uma vida autêntica e junto com a igreja, se engajando na vida dos filhos.

Deus nos abençoe a sermos protagonistas na formação desta Nova Geração. Queremos ser bons pais e uma igreja formadora da Nova Geração, a qual vai mostrar Jesus para o mundo, sem legalismo, mas permeado por amor, assim como Deus ama.

Lisânias Moura, Pastor Senior