Tranca para bike feita com tecidos promete ser mais resistente que U-Locks

Com um peso de menos de 500g, o cadeado promete superar as famosas trancas de metal

A segurança é uma das preocupações de quem utiliza — ou pretende utilizar — a bicicleta como transporte nas metrópoles brasileiras. O escasso número de locais adaptados e a fragilidade dos equipamentos de proteção contribuem para o aumento do problema.

Na Alemanha, a realidade não é completamente diferente. Por isso, após dois anos de estudos, a start-up tex-lock se envolveu na criação de um inovador cadeado para bicicletas utilizando materiais têxteis de alta tecnologia coplementados pela flexibilidade, leveza e design.

Composto por produtos utilizados nas indústrias automotivas e aeroespacial, o tex-lock é construído em camadas múltiplas e oferece um núcleo interno funcional que protege a correia de corte com alicates, golpe de machados e fogo. O bloqueio é formado por uma corda multicamada, que pesa apenas 350 gramas, ilhós de aço revestido de plástico personalizado e um cadeado. Quando preso, ele não balança nem arranha a bike.

Para viabilizar o projeto, a start-up fez uma campanha de crowdfunding no kickstarter, permitindo que todos os interessados pudessem colaborar. O objetivo era arrecadar 50 mil euros. Mas com 2245 doações, a tex-lock arrecadou 279,467 mil euros. Com o sucesso imediato, a empresa pretende produzir em julho de 2017 e começar a entregar no mês seguinte.

Não há previsões de quando o cadeado estará disponível para importação.


_ publicado no Bike é Legal em 12/04/17

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.