A falsa sensação de liberdade

Começar a semana estressado é foda!

Quem tem uma rotina agitada como eu, sabe que os dias da semana não fazem a menor diferença. Sábado pode ser uma Quinta, Quinta pode ser uma Segunda, e Segunda pode ser uma Sexta. Feriados? Esquece! Finais de semana? Esquece! Sair do trabalho às 18h? Esquece! Ir trabalhar às 08h? Esquece!

De início eu amava essa coisa de não ter uma rotina bem definida, de poder ter “liberdade” pra fazer as coisas que eu “queria”. Mas no fundo, no fundo, não é assim que funcionam as coisas.

Sempre fui adepto da “liberdade” na vida.

A gente só tem uma vida, e ainda assim vivemos presos aos padrões e gostos das outras pessoas, ao invés de simplesmente fazermos o que trás prazer pra gente.

Não digo, também, da gente viver loucamente sem se importar com o resto do mundo. Aí já é falta de empatia. Falo de viver pra você e não viver para os outros.

Pensei que vivesse uma “liberdade”, fazendo meus horários, minhas programações, criando algo próprio, trabalhando pra mim mesmo e tal. Mas percebi que na verdade virei escravo de um sistema onde o trabalho é quem manda em você. Triste admitir isso.

Começar a semana às 07h da manhã já estressado é a maior prova de que o que estou fazendo não me dá mais prazer, não me anima, não me trás benefícios, apenas prejudica a minha saúde. Instabilidade emocional, gastrite, tensão, ansiedade, falta de paciência, são apenas alguns dos problemas que eu já tenho por conta dessa vida louca.

Para uma pessoa que sempre foi calma, serena e tranquila, me ver sem conseguir dormir, e irritado por conta do barulho de uma notificação no celular ou do toque de um telefone, é horrível.

Aí você pode pensar: “-Tira uns dias de férias que resolve”. Será mesmo? Sair do seu mundo para viver 7–15 dias de uma experiência completamente diferente da sua, pode te deixar mais deprimido ainda. Afinal, depois você vai ter que voltar pra sua rotina estressante, corrida e sem vida que tinha.

Enfim… A vida não é fácil, e se você acha que está tomando decisões certas e tendo “liberdade”, é bom dar uma analisada pra ver se na verdade isso tudo não passa de uma “liberdade fake”. :/