Reinfusão, dá pra fazer?

Sim, é possível reutilizar o chá mais de uma vez. Veja algumas dicas.

Alguma vez ao terminar de fazer uma infusão você se perguntou se poderia reutilizar aquelas folhas para uma reinfusão? Saiba que isso é possível sim. Alguns tipos de folha resistem a várias infusões.

Segundo Ina Gracindo em seu livro Viagem ao Mundo do Chá, “tradicionalmente, na China, a primeira e a segunda água são utilizadas apenas para despertar as folhas, da terceira a quarta saem as melhores xícaras, e no caso do puer, a partir da quarta, à medida que se abrem em um processo conhecido como “sofrimento das folhas”, o aroma é liberado e o desenrolar das folhas do chá pode ser observado de perto.”

É importante salientar, apenas, que cada infusão gera um sabor diferente de chá. Isso resulta em uma experiência surpreendentemente boa, já que cada mergulho oferece a você um universo de descobertas. De maneira geral, os chás de folhas soltas funcionam melhor no processo de reinfusão. Já os “saquinhos” de chá, têm suas folhas quebradas e trituradas, liberando todo o seu sabor durante a primeira infusão. Por isso não são indicados para essa prática.

Outra coisa importante de lembrar é que as folhas de chás devem ser descartadas em no máximo 3 horas após ter sido exposta à água, uma vez que as bactérias tendem a prosperar na umidade e no calor.

Quantas vezes você pode reutilizar um chá?

Se você continuar sentindo um sabor agradável, mantenha a reinfusão. Cada pessoa possui seu gosto pessoal. Há quem aumente a temperatura da água e diminua o tempo de infusão a cada preparo para chegar ao sabor ideal. Há também quem prefira manter a temperatura da água e o tempo de infusão já utilizados no preparo anterior. O importante é você experimentar e chegar no seu método de reinfusão preferido.

Mas se você busca uma informação geral em que possa se basear, dê uma olhada no quadro abaixo. Nele você encontra informações úteis, inclusive sobre quantas vezes você pode reutilizar cada tipo de chá:

Fonte: Viagem ao Mundo do Chá, Ina Gracindo.

Vale lembrar que esse quadro é apenas uma base de referência, e em alguns casos esses números sofrem pequenas alterações. Algumas marcas de chá já fazem suas indicações específicas, como é o caso da nossa parceira do mês de maio do Clube de Assinaturas, a Chá Yê. Escolhemos para os assinantes um chá do tipo verde e outro oolong e você pode saber mais sobre eles clicando aqui.

Faça parte do nosso Clube de Assinaturas de Chá: www.diariodocha.com.br