tumblr

Looping

Você acorda todos dias pensando “hoje eu vou mudar minha vida, eu sou dona da minha história” e fica lendo todas aquelas mensagens motivacionais que sempre dizem as mesmas coisas, mas dessa vez você promete que vai se esforçar mais. Afinal, ser dona da sua história te torna exclusivamente responsável por ela.

O dia continua e sempre parece ser mais do mesmo. Mas a culpa é totalmente sua. Todas as desculpas pedidas são apenas uma maneira de aliviar a culpa por se sentir tão merda e tão infeliz. Infeliz? Não, não. Desculpa.

Depois do almoço o tempo parece passar mais devagar e tudo que você queria era chegar em casa para terminar aquele concept que tem te animado tanto.

15:00, 16:00, 17:00….

Acabou o expediente, agora chegou a hora de treinar. 100 polichinelos, alguns abdominais e 3 rounds soltando tudo no saco de pancadas, todo o seu estresse é liberado. Os socos são tão fortes que suas mãos sempre ficam cortadas, você ainda não aprendeu a controlar sua força. Um hora de treino e toda a endorfina liberada te deixa animada e se sentindo bem. Talvez nem tudo seja uma merda.

Quando chega em casa a energia ainda está pelo seu corpo e agora finalmente vai conseguir focar no seu projeto, mas como sempre algo sai errado e você tenta de novo e de novo. O desespero agora começa a te perturbar, já são quase uma da manhã e você decide fazer mais uma tentativa. Ainda não está perfeito, mas está começando a ficar bom. Mais algumas horas e talvez fique ótimo.

O dia chegou ao fim e foi mais um daqueles dias que parecem um looping temporal. As mesmas pessoas, os mesmos trabalhos, o mesmo cansaço inexplicável e a mesma pergunta: “que merda estou fazendo aqui?”.

Calma. Você tem feito tanto. Descanse. Às vezes tudo parece uma merda e logo depois as coisas entram no trilho. Você está um degrau mais próximo daquele sonho, pelo menos foi o que tinha escrito no email que recebi pela manhã.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.