4 motivos pra não decolar seu drone do teto do carro!

Entenda porque e como essa prática pode por seu equipamento em risco.

Não faça isso!

Quando ter um drone era só mais um sonho na minha cabeça, eu pensava muito em sair por aí de carro até encontrar um lugar interessante e quando fosse voar, colocar o drone no teto do carro pela janela e decolar! Nós também sabemos que muitos droneiros pensam em decolar do teto do automóvel para evitar a areia da praia ou até terra em um terreno mais arenoso.

Depois de adquirir meu primeiro drone e ler tudo o que eu pude sobre esse hobby, eu percebi que decolar com o seu drone do teto do carro não é nada seguro. Esse post vai ser uma lista de motivos de porque eu cheguei a essa conclusão. Vamos lá?

1 ⏤ Desorientação da bússola do seu drone

Os drones modernos possuem uma bússola interna que pode ser afetada quando estão próximos de uma estrutura metálica grande. Esse distúrbio que o carro causa no seu drone pode afetar a maneira com que os sensores detectam a orientação dele no espaço. Por isso, ao decolar do seu carro, você pode sentir uma certa falta de controle que pode ser crucial pra causar a queda completa da aeronave.

2 ⏤ Prejuízo duplo

Numa eventual queda durante decolagem, seu drone caíra no seu carro e poderá danificar não só o carro mas ele mesmo.

Seu drone pode quebras as hélices, o gimbal ou até dar perda total se a queda for feia. Seu carro pode ter os vidros e lataria danificados e consertar qualquer uma dessas coisas não é barato. Zelem pelo seu patrimônio.

Drone e carros não são baratos (principalmente se forem bons).

3 ⏤ Cuidado com a antena

Na telinha do celular você nem sempre vai ver a antena de rádio do seu carro. Uma colisão com a antena pode derrubar facilmente um drone que não esteja com o protetor de hélices. Além disso você ainda pode ficar sem antena e não poder mais escutar a voz do brasil naqueeeeeeela qualidade.

4 ⏤ Turbulência causada pela aerodinâmica do carro

Os carros mais eficientes possuem uma boa aerodinâmica que consiste em deslizar o vento por cima da lataria da forma mais suave possível. Isso faz com que o fluxo ar na superfície do carro (mesmo parado) seja muito maior do que se o drone estivesse no chão, por exemplo. Turbulência no momento da decolagem e pouso é um dos motivos mais comuns de queda de drones. Você não quer seu drone rodando pelo seu carro, quer?

Ok, mas quais são as alternativas?

Como eu falei no começo desse artigo, muitos droneiros têm essa ideia de decolar do carro porque querem evitar que alguma impureza se aloje no seu equipamento por meio do vento no momento da decolagem ou no pouso. A verdade é que existem outras formas de evitar isso. Vocês podem:

Comprar um "droneponto" portátil

Esses helipontos portáteis evitam que o seu drone levante a poeira ao redor dele e que ela se aloje no drone. Não é genial?

Se você quiser adquirir um desse, é só falar com gente pelo nosso instagram.

Decolar da mão (Hand Launch)

Se você decolar da mão, já consegue evitar o inconveniente da sujeira entrando no seu equipamento. Existem alguns vídeos ensinando a fazer isso de forma segura no youtube. Vou linkar esse daqui embaixo mas posso fazer um post aqui sobre o assunto também se vocês quiserem.

Procurar um lugar melhor pra decolar

Se você está de carro, pode andar mais alguns metros até encontrar uma superfície melhor para a decolagem e depois voar com o drone até o local desejado. Lembre-se que você não precisa estar no mesmo lugar que o drone pra voar bem e com segurança.

E você? Já decolou com o drone do teto do carro? Vai continuar fazendo isso?


Quer aprender mais sobre drones? Estão abertas as inscrições para o nosso Curso de Pilotagem de Drones mega completo e 100% online. Para saber mais, é só clicar aqui!
Aproveite enquanto ainda temos vagas!