Halving no Bitcoin: o que é e importância para o mercado

O que é halving no bitcoin? Que impactos isso tem na economia do bitcoin? Hoje faz 6 anos que o primeiro halving ocorreu. Neste artigo, veremos porque o halving é tão importante para o bitcoin.

Conhecimentos Gerais — Recompensa no Bitcoin

O Bitcoin é um sistema de dinheiro eletrônico ponto-a-ponto (conhecido como peer-to-peer ou P2P), isso significa que não há uma autoridade central comandando o protocolo. As unidades bitcoin não são emitidas ou administradas por governos, bancos, servidores centrais ou qualquer outra autoridade. Os bitcoins são emitidos através de um processo chamado “mineração”.

A mineração consiste em computadores emprestando poder de processamento para resolver um problema matemático que irá validar as transações que ocorrem na rede bitcoin. O processo de mineração consume incontáveis ​​mil watts de eletricidade e atualmente requer hardwares especializados que custam caro. Por isso, as pessoas que gastam seu dinheiro escasso para emprestar poder computacional para minerar bitcoins esperam uma recompensa.

A fim de incentivar as pessoas a minerarem bitcoins (ou outras criptomoedas que lançam mão da mineração para validar suas transações), cada bloco contém dois tipos de recompensa: novos bitcoins recém criados e as fees (pequenas taxas) das transações. Tais recompensas são dadas ao minerador ou ao conjunto de mineradores (no caso das pools) que resolvem com sucesso o problema matemático e incluem seu bloco na blockchain.

O protocolo bitcoin definiu que a cada 10 minutos alguém será capaz de resolver esse problema, registrar o bloco na blockchain e reivindicar sua recompensa pelo empréstimo do poder computacional. Cada bloco tem em média 1MB e cada transação tem cerca de 250 bytes. Dessa forma, cada bloco pode conter até 4.000 transações, mas o número de transações é completamente variável.

O ajuste da dificuldade da rede é dinâmico, de forma que a taxa de mineração mantenha-se sempre ajustada para que um bloco seja registrado a cada 10 minutos. Ou seja, não importa quantos mineradores estejam trabalhando na rede, alguém sempre será bem sucedido a cada 10 minutos e poderá reivindicar sua recompensa.

O reajuste da dificuldade ocorre em cada nó de forma completamente independente. A cada 2.106 blocos, a equação reajusta o alvo, medindo o tempo que levou para encontrar os últimos 2.106 blocos e o tempo esperado de 20.160 minutos. A dificuldade da mineração não depende do número de transações que a rede está processando, mas do hashing disponível na rede.

Mastering Bitcoin.

Observe que o gráfico abaixo da taxa de dificuldade do bitcoin é completamente diferente do gráfico de preço do bitcoin, mas acompanha o gráfico do hashrate.

Gráfico da Dificuldade:

https://www.blockchain.com/pt/charts/difficulty

Gráfico do Hashrate:

https://www.blockchain.com/pt/charts/hash-rate

Gráfico do Preço:

https://www.blockchain.com/pt/charts/market-price

O que é Halving

Quando Satoshi Nakamoto escreveu o protocolo do bitcoin, ele buscou construir um sistema auto-sustentável, deflacionário e que de alguma forma emulasse a mineração de ouro. Sendo assim, com o tempo, a recompensa pela mineração diminui lentamente para controlar o suprimento da moeda.

A recompensa da rede é calculada baseando-se no número do bloco. O primeiro bloco tinha como recompensa 50 bitcoins, reduzindo pela metade essa quantia, a cada 210.000 blocos. Como cada bloco é emitido em uma taxa fixa de 10 minutos, a redução pela metade (halving) ocorre a cada 4 anos.

A emissão limite do bitcoin é pré-estabelecida em 21 milhões de moedas. Dessa forma, em 2140 todos os bitcoin já terão sido emitidos e a recompensa dos mineradores será apenas as fees. Segundo Satoshi Nakamoto:

“A adição constante de uma constante de quantidade de novas moedas é análoga a mineradores de ouro que gastam recursos para adicionar ouro à circulação. No nosso caso, é o tempo de CPU e a eletricidade que é gasta. ” consulta ao original pode ser feita aqui.

O primeiro halving ocorreu em 2012 e novamente em 2016. Da mesma forma, acontecerá novamente em 2020 e 2024. Após as duas últimas divisórias de bitcoin, a recompensa de bloco atual é agora de 12,5 bitcoins. No ano 2020, será 6,25 e assim por diante.

Impactos do Halving

  • Prolongar o sistema de recompensa, o incentivo à mineração e a longevidade da moeda
  • Aumentar o preço da moeda no longo prazo, através da escassez da oferta da unidade monetária
  • Aumentar o custo da mineração de cada unidade bitcoin, faz com que a negociação de cada bitcoin também tenda à aumentar com o tempo.

E quando não houver mais recompensas?

Agora você pode estar se perguntando, o que ocorrerá com bitcoin quando não houver mais emissão de novos bitcoins para recompensar os usuários? Todos os mineradores vão desligar suas máquinas e a rede vai acabar?

Tempo

Como já dito anteriormente, o fim da emissão de novos bitcoins ocorrerá apenas em 2140, isso significa mais de um século de funcionamento da rede. Nesse meio tempo, muita coisa pode acontecer e modificar completamente o mundo das transações econômicas.

Fees

Os mineradores que resolvem o problema matemático e incluem o bloco na blockchain, recebem, além dos bitcoins recém emitidos, as fees de todas as transações que foram incluídas dentro do bloco. Todos os dias, centenas ou mesmo milhares de dólares são pagos em taxas de transação (dependendo do hashpower da rede).

No futuro, as fees podem chegar a um determinado valor (que será dado pelo mercado) que torne lucrativa a atividade de mineração.

Para conferir a recompensa das fees por bloco, acesse: anduck.net/bitcoin/fees/

https://anduck.net/bitcoin/fees/144_blocks.php

Atual estado da rede

No dia de redação deste artigo (28/11/2018), existem 17.398.013 unidades de bitcoin em circulação, o que representa cerca de 82.85% do total de bitcoin que será criado.

Conclusão

O halving é um importante fenômeno que ocorre de quatro em quatro anos, cuja consequência é diminuição da oferta de bitcoin e da recompensa dos mineradores. O halving é um momento importante para o mercado, pois aumenta sua escassez e tende a aumentar o preço de sua unidade, no longo prazo.