Ano Novo, Promessas Velhas

E quando você percebe, já é 2016!

De certa forma, acho que 90% da população brasileira, não via a hora de 2015 acabar.

Concordo 2015 não foi um ano muito produtivo, mas muitas coisas legais aconteceram pra mim, são memórias incríveis: visitar outro país, trabalhar como freelancer, ter maiores responsabilidades…

Um ano de possibilidades

Entre o caos e a virtude, se vive de aventuras (Ballenera de Quintal — Chile)

Ok, foi um ano sabático, eu não busquei me planejar, só deixei acontecer, com isso a preguiça e o sedentarismo tomaram conta de mim, o amadurecimento que precisava não aconteceu.

Mas os acontecimentos de final de ano fez a minha ficha cair, e com isso comecei a me planejar adiantado para 2016.

2016 vem com a perspectiva de buscar avanços e trabalhar em meus defeitos, é hora de amadurecer e me preparar para uma vida unitária, acabar com o sedentarismo e não deixar projetos pessoais para traz, voltar a estudar e o mais importante ter força espiritual para novas mudanças.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Eduardo Arce’s story.