Com leveza juntamos os dois

Qualquer pessoa já nasce com a capacidade de inovar. Somos incompletos: aprender é o que nos faz sermos humanos.

Confie na sua curiosidade.
O entusiasmo é consequência.

Comece pelo que é mais essencial para você. Registre sua pergunta mais gritante, ainda que silenciosa.

Propósito é o que faz seu coração vibrar. Seguir sua curiosidade é um ótimo caminho para encontrá-lo.

Abrir-se para o mundo te ajudará a ampliar sua percepção de si. E vice-versa.

Exerça sua autonomia.

Negue a fôrma. (mas dê forma)

Perceba suas próprias necessidades e formas de aprender.

Temas
Métodos
Linguagens e
Formatos são escolha sua. Quem pode te ajudar?

Convide mentores para te acompanhar.

Envolva mais gente. Quebre os muros. Crie comunidades.

Conecte
ideias e pessoas.

Desconstrua
hierarquias.

Seja o exemplo:
vai lá e faz.

Defina seu percurso.

E faça ajustes no meio do caminho.

Ficou difícil?

  • Peça ajuda (inclusive dinheiro)
  • Comprometa-se publicamente
  • Crie rotinas
  • Recorte o processo em partes menores
  • Encontre um grupo (ou crie um)
  • (no que mais você consegue pensar?)
Tão importante quanto a iniciativa é a acabativa.

Mergulhe fundo! Experimente o que você nunca fez.

Crie jornadas de aprendizagem.

Conte histórias. Dance com seus medos.

Inclusive a sua.

Seja empático com seu processo e seus descaminhos.

Entregue relevâncias para o mundo.

Pode ser documentário, tecnologia, livro, site, teoria, dança, teatro, empresa, metodologia, projeto social, comunidade, movimento, política pública, projeto de lei, quadrinhos, ONG, negócio social

(e tudo mais que sua imaginação puder criar)

Realize pequenas entregas durante o percurso. Celebre cada conquista!

Pense pelo que você quer ser lembrado daqui a dois anos.

O reconhecimento virá a partir do impacto positivo do seu percurso e das suas entregas na vida das pessoas e do planeta.

Lembre-se: quem compartilha aprende duas vezes.

Pratique sabedoria.

Seu conhecimento está a serviço de quê?

Buscar a inteireza é se equilibrar entre

Comece a viver-aprender.

Quando a pergunta vem das profundezas, tudo vira resposta.

É importante que nossas verdades estejam em mutação.

Existem tantas verdades quanto existem pessoas.

Siga em direção à sua. Mas, não deixe de apreciar as outras.

Curiosidade

Autonomia

Percurso

Entrega

Sabedoria


O Manifesto do doutorado informal veio ao mundo a partir das contribuições valiosas de várias pessoas. Dentre elas:

  • Ademilson Damasceno
  • Alex Bretas
  • Alexandra Grassini
  • Ana Luiza Rocha do Valle
  • André Camargo
  • André Gravatá
  • Andréia Xisto Dias
  • Bianca Trombelli
  • Camila Haddad
  • Cíntia Martins
  • Cláudia Macedo
  • Gabrielle Picholari
  • Gustavo Novaes
  • Laís Grilletti
  • Lucas Alves
  • Lucas Luciano
  • Luciano Biolé Mercado
  • Luísa Módena Dutra
  • Marcelo França
  • Maurício Zanolini
  • Michele Zatz
  • Nathalia Andrijic
  • Nicole Zatz
  • Paula Meirelles
  • Tathyana Gouvêa
  • Viviane Ribeiro

Vamos juntos?

> Veja 11 pessoas notáveis que te farão considerar um doutorado informal
> Entre no grupo do doutorado informal no Facebook

Ajude a sustentar este doutorado informal e tenha acesso a 50 ferramentas de aprendizagem inovadoras. Clique aqui.