Jogo Oasis

Estou sempre por aqui escrevendo sobre educação livre. Se fizer sentido pra você, conheça mais sobre esse trabalho e aproveite para acessar gratuitamente mais de 40 ferramentas de aprendizagem inovadoras.

Fonte: Erno Paulinyi.

Resgatando as fontes de vida de uma comunidade

O Jogo Oasis é uma oportunidade de impulsionar a convivência comunitária e realizar sonhos coletivos, brincando. Desenvolvido como tecnologia social pelo Instituto Elos, o jogo propõe a cocriação e a concretização de um projeto desafiador que contribua para atender aos desejos e necessidades de uma comunidade. O lema de um Oasis é a possibilidade de mudar o mundo de forma “rápida, divertida e sem colocar a mão no bolso”.

Ao final, algo tangível construído a várias mãos é celebrado, podendo ser por exemplo uma creche, um equipamento cultural, a revitalização de uma praça ou de uma escola, dentre outras possibilidades que façam sentido para a comunidade.

Por quê?

O nome do jogo diz muito sobre o seu propósito: oásis é a abundância que brota no deserto. A ideia por trás do Jogo Oasis é resgatar as fontes de vida de lugares em que sonhar perdeu o sentido. Por meio de uma construção conjunta entre o grupo que se animou em jogar, a comunidade e diversos outros parceiros, um senso de cooperação e apreciação é criado. Pra que isso aconteça, todo mundo precisa colocar a mão na massa.

A inspiração para o jogo surgiu a partir dos fundamentos dos jogos cooperativos. Os sete passos que conformam não somente a metodologia do Oasis, como também a base do Instituto Elos — a Filosofia Elos — são bastante semelhantes aos sete passos da Pedagogia da Cooperação. Neste sentido, o jogo incorpora a máxima da cooperação: “se o importante é competir, o fundamental é cooperar”.

Jogar o Oasis é muito diferente de fazer um mutirão. As ênfases estão na criação de vínculos, na sabedoria coletiva e na mobilização criativa e em rede. De certo modo, o jogo fornece uma prova de que é possível que comunidades sejam transformadas “de dentro pra fora” por meio de alianças genuínas.

Alguns dos objetivos de um Oasis são:

  • Fazer mais pessoas vivenciarem uma experiência de cooperação e empreendedorismo comunitário;
  • Potencializar o olhar apreciativo e promover soluções criativas para questões locais;
  • Aproximar os participantes de uma nova forma de mudar o mundo, que aposta na diversão e na autonomia da comunidade;
  • Ser uma oportunidade de exercer valores humanos como respeito, empatia, compaixão e amor;
  • Ampliar o acesso a informações sobre estratégias de sustentabilidade socioambiental e autoconstrução;
  • Materializar um sonho comunitário com a ajuda de todos.

Todos esses objetivos podem ser entendidos também como justificativas para que o Jogo Oasis seja também uma ferramenta de aprendizagem. Ao jogar, todos saem ganhando: a comunidade, que tornou um de seus sonhos realidade; e o grupo mobilizador, cujos integrantes puderam exercitar um conjunto de valores cruciais para a convivência e o desenvolvimento humano sustentável.

Como?

Fonte: Instituto Brookfield.

O conceito de comunidade para o Oasis é ampliado, de tal forma que um grupo, uma escola, uma equipe de trabalho, um bairro ou mesmo uma região podem ser considerados como comunidades, desde que haja um espaço físico e/ou um propósito em comum.

Jogar o Oasis pode ser interessante para:

  • Grupos que desejam aprimorar o trabalho em equipe;
  • Empresas e organizações que querem fomentar iniciativas de voluntariado e responsabilidade socioambiental de seus funcionários;
  • Comunidades e instituições que almejam dar início a planos de desenvolvimento sustentável de um território;
  • Líderes e educadores interessados em propor uma experiência de aprendizagem vivencial;
  • Pessoas com sede de transformação e que querem viver uma jornada coletiva desafiadora.

Qualquer um pode jogar o Oasis, mas é necessário que haja um grupo mobilizador que será o responsável pela animação do jogo. O grupo é composto por cinco a 30 pessoas, com idade mínima de 15 anos.

A partir da formação do grupo mobilizador, cada vez mais pessoas vão sendo envolvidas e convidadas a jogar: moradores e integrantes da comunidade, instituições que possam ser parceiras, as redes de contatos do próprio grupo etc. Ao movimentar recursos e talentos distintos, o importante é que cada possa dar o seu melhor, de maneira “rápida, divertida e sem colocar a mão no bolso”. A escolha por não utilizar o dinheiro é um truque para potencializar o engajamento, por um lado, e também para tornar igualmente engrandecidas as contribuições de todos, por outro.

Toda a mobilização de um Oasis pode ser feita durante uma semana (sete dias), ou durante um mês nos finais de semana. Ao jogar, os participantes dão vida a diferentes personagens, cada um com habilidades e papéis distintos nas interações com a comunidade. No site do Instituto Elos é possível baixar o manual de bolso da Metodologia Elos, o qual, além de descrever os personagens, fornece orientações detalhadas sobre o jogo.

A dinâmica do Jogo Oasis funciona por meio de sete passos ou “atos”, precedidos por uma fase de preparação. As etapas são: o Olhar; o Afeto; o Sonho; o Cuidado; o Milagre; a Celebração; e a Re-evolução.

O Olhar

É o exercício de uma visão apreciativa sobre a comunidade, de modo a reconhecer a abundância de recursos, talentos e belezas já existentes. Fazem parte dessa etapa atividades de observação, registro e a suspensão dos nossos julgamentos e noções pré-concebidas a respeito da comunidade.

O Afeto

A criação de vínculos afetivos entre as pessoas do grupo e da comunidade é estimulada, com o intuito de aflorar a confiança e o desejo de cuidado mútuo. A escuta é a principal ferramenta, conjugada a passeios, apreciação das histórias e demonstrações de talentos de pessoas da comunidade.

O Sonho

Nesse passo, o mais importante é cultivar espaços seguros e de confiança para que todos possam expressar suas aspirações coletivas em relação à comunidade. Conversas com diferentes públicos, a realização de um grande encontro da comunidade e a identificação dos padrões que apontam para o sonho comum são atividades que pertencem a essa etapa.

O Cuidado

É o estágio da Projetação Coletiva, de forma a exercer o cuidado em relação às pessoas, às expectativas e ao engajamento no processo. O grupo mobilizador, em conjunto com a comunidade, deverá pensar e executar estratégias diversas para mobilizar os recursos necessários à materialização da aspiração coletiva. Um segundo encontro da comunidade deverá ser realizado com os intuitos de se cocriar uma maquete representativa do sonho e planejar a intervenção, que deverá ser exequível em um curto espaço de tempo.

O Milagre

Compreende as ações de divulgação, mobilização e preparação para possibilitar a ação coletiva, além do grande dia de mutirão que tornará real o sonho comunitário. Durante o milagre, o impossível vira realidade por meio da pró-atividade, autonomia e cooperação de cada pessoa do grupo, da comunidade e quem mais se sentir chamado a ajudar. A ideia é que todos, crianças, adultos e idosos, trabalhem e se divirtam juntos.

A Celebração

Após o Milagre, é importante celebrar a conquista em conjunto, compartilhando o que foi marcante, desafiador e motivo de alegria para cada um. É um momento de reencontro festivo e acolhedor, em que são reconhecidas as contribuições de todos para o processo. Várias atividades podem ocorrer: show de talentos, roda de contação de histórias, danças circulares, apresentações e exibições de vídeos etc.

A Re-evolução

É o impulso para um novo ciclo de realizações, de modo a estimular a autonomia e o protagonismo da comunidade. Um Encontro de Futuro pode ser proposto para estimular conversas a respeito de quais cenários a comunidade imagina a partir da transformação ocorrida. Novas parcerias podem ser criadas e um novo desafio pode ser identificado ou proposto. É importante manter o contato com a comunidade após o término do jogo, incentivando-a a buscar a realização de outros sonhos coletivos.


Além do manual da Metodologia Elos, é possível também fazer o download do baralho do Jogo Oasis, que conta com dicas e orientações baseadas nos sete passos.

O Oasis é uma ferramenta de mobilização que pode nos ensinar muitas coisas sobre engajamento e valores humanos. A aprendizagem ocorre na prática, de forma imersiva e vivencial. Pessoas de diversos países já começaram a brincar: e aí, topa jogar junto?

Para saber mais:


Este texto faz parte do livro Kit Educação Fora da Caixa, um kit de ferramentas para quem quer sair da caixa da educação.