4 benefícios da Personalização da Aprendizagem

Entenda porque a personalização da aprendizagem é uma das tendências mais discutidas no segmento de educação, veja dicas, conceitos e exemplos práticos desse modelo.

À medida que as discussões pedagógicas evoluem, a ideia de que o ensino tradicional é capaz de abraçar e desenvolver uma aprendizagem que respeite as individualidades e características das novas gerações se torna cada vez mais controversa. Estamos, como sociedade, sendo expostos a cenários que exigem adaptação rápida e assertiva, como é o caso do ensino remoto emergencial durante a pandemia.

De acordo com a UNESCO, 70% dos estudantes do mundo estão sem frequentar a escola durante a pandemia da COVID-19. Esse afastamento brusco, que forçou o isolamento social, balançou a educação formal e nos obrigou a refletir sobre a condição delicada e defasada da educação que temos hoje.

Num passado não muito distante, no encerramento de reuniões de pais ou em encontros de família, não era difícil ouvir frases como “Estou buscando outra escola para o meu filho. Ele não conseguiu se adaptar e está ficando desmotivado.” Falas como essa retratam uma limitação da escola em identificar rapidamente as necessidades de cada estudante e personalizar a abordagem para atendê-las.

Exemplo de tarefa na qual o professor pergunta a opinião da criança com o objetivo de identificar o tipo de atividade que engaja cada aluno

‘’É preciso dar voz e espaço para outras habilidades e inteligências e, assim, incentivar, de maneira genuína, que os alunos caminhem em direção a educação. A escola não perde seu papel, mas sim o ressignifica: não existe lugar melhor para despertar o aprender do que dentro da escola, desde que essa esteja disposta a aprender, constantemente, a ensinar seus alunos.’’

Alunos que não têm suas necessidades particulares identificadas a tempo de receberem apoio podem ser enquadrados como alunos que “não se adaptaram” à escola. Suas famílias podem acabar optando por buscar outras escolas por não enxergarem o acompanhamento e as intervenções que esperam. A avaliação contínua e a personalização da aprendizagem costumam não ser realidade por um fator operacional: o tempo necessário para avaliar continuamente o aluno e personalizar as intervenções para diferentes grupos de necessidades costuma ser muito superior ao tempo disponível do corpo docente. Isso se mantém verdade enquanto aplicamos processos tradicionais de avaliação e intervenção.

Mas há uma luz no fim do túnel: e se conseguirmos realizar estes processos reduzindo o tempo gasto com processos operacionais e passando a investir este tempo na compreensão dos resultados dos alunos e desenho dos planos de ação?

Por que estamos discutindo só agora?

O ensino remoto emergencial tornou urgente a reflexão sobre os planos pedagógicos com pouco espaço para a avaliação contínua e a personalização: estamos sendo forçados a repensá-los, pois a limitação dos mesmos no cuidado com o aprendizado de cada aluno tem se tornado mais latente.

Estamos evoluindo enquanto agentes promotores da aprendizagem e mediadores educacionais. Entre a época em que fomos alunos e o presente, onde somos responsáveis pelo aprendizado, algumas antigas “verdades” têm sido redescobertas:

  • O conhecimento não tem no professor a figura de único detentor. Vivemos circundados por grande acesso à informação, e cada vez mais devemos agir como guias e mediadores.
  • Uma relação distante entre família e escola, algo que muitas famílias tendem a praticar, não funciona. A escola precisa estimular novas formas de troca e acompanhamento contínuo. Se reuniões presenciais (“chamar a família para conversar na escola”) não funcionam, precisamos reinventar a prática.
  • É preciso mudar a metodologia dentro das escolas e a prática do professor, além de também repensar o ensino e colocar o aluno no centro de sua aprendizagem (onde ele também é responsável pelo que aprende). E pensar em fazer tudo isso sem ter compreendido os reais benefícios desse modelo personalizado, não parece fazer nenhum sentido.

Mas afinal, o que significa personalização da aprendizagem?

Uma série de ações pedagógicas que visam promover o desenvolvimento dos estudantes de maneira individualizada, entendendo as limitações e as habilidades de cada um. Levando em consideração que cada aluno aprende de forma e em ritmo diferente, já que também são diversos seus conhecimentos prévios, competências e interesses.

Talvez, no contexto escolar, seja um pouco mais difícil enxergar o processo de maneira clara. Então, se me permite, farei uma analogia simples: se, antes de escrever esse artigo, eu tivesse a oportunidade de saber sobre o seu conhecimento prévio ao redor deste tema, nossa comunicação seria muito mais fluida e produtiva. Com base no seu conhecimento e necessidade, eu saberia exatamente ‘’o que’’, ‘’como’’ e ‘’quanto’’ deveria abordar cada tópico desse conteúdo, ou seja, seria um artigo adaptado às suas necessidades. Estabeleceríamos então um momento de aprendizado objetivo, valioso e personalizado.

Isso tudo seria possível a partir da oportunidade de aprender mais sobre você, numa conversa ou reunião, e caso tivesse muita urgência ou necessidade de precisão poderia buscar recursos tecnológicos que entregassem essas informações, como formulários por exemplo. A questão é: eu não precisaria de tecnologia. Eu poderia usar tecnologia. E em processos que envolvam mais de duas pessoas, como no contexto escolar, isso muda tudo.

Iniciativas de aprendizagem personalizada retirada do infográfico da eduqo

Quais são os benefícios de ter a tecnologia nesse processo?

Otimização da jornada de aprendizagem: através de um diagnóstico individual que, durante e após a sua aplicação, serve de bússola pedagógica uma vez que torna possível identificar as fortalezas e dificuldades do aluno dentro de cada conteúdo, a jornada de aprendizagem fica muito mais otimizada e o aluno tem mais clareza para continuar se desenvolvendo.

Aqui na Eduqo, por exemplo, costumamos entregar relatórios de avaliação diagnóstica com base no reforço positivo, como você pode ver na imagem abaixo. Auxiliando as rotinas pedagógicas de mais de 400 escolas, observamos que tem se tornando uma prática comum os alunos levarem os relatórios a monitoria, o maior engajamento durante as aulas e o aumento da confiança e comunicação entre professores e responsáveis.

Relatório modelo de avaliações diagnósticas realizadas através da plataforma qmágico

Maior engajamento dos estudantes: colocando o aluno como protagonista do próprio aprendizado, o modelo personalizado permite que o aluno tenha seu envolvimento ativo com os conteúdos, o que também reforça e desenvolve a importância da autonomia durante todo esse processo. Com uso de dispositivos eletrônicos, torna-se possível a troca de informações, conhecimento e dúvidas, facilitando a assimilação de conceitos e suas aplicações.

Construção do material pedagógico assertivo e personalizado: através de recursos de inteligência de dados, torna-se possível realocar o tempo do professor e do aluno para que os mesmos possam repriorizar seu tempo e energia para intervenções e práticas que ajudem de verdade.

Exemplo de intervenção: atividades avaliativas personalizadas para cada grupo de alunos, construídas de acordo com a dificuldade de cada grupo

Registro completo de atividades e desempenho: tenha, em todas as atividades propostas (como Avaliação Diagnóstica, Formativa ou Somativa) segurança e dados completos através relatórios individuais, turma ou grupo de alunos.

É fato que uma das maneiras de se personalizar o ensino é através do uso da tecnologia e é isso que fazemos na Eduqo: ajudamos escolas do Brasil inteiro a terem rotinas pedagógicas mais inteligentes e eficientes para que os alunos e professores se concentrem no aprender e no ensinar. Não acreditamos na evolução da educação sem o papel do professor e tão pouco na ideia de que os recursos tecnológicos podem substituir a humanidade nesse processo. Olhamos a tecnologia e a educação trabalhando em sinergia e cumprindo seu papel: entregando tempo de qualidade para investir no que realmente importa.

E você, o que pensa e como enxerga a personalização da aprendizagem?

Comunicadora e professora apaixonada, analista de Marketing de formação e curiosa pelo mundo.

Sign up for Newsletter da Eduqo

By Eduqo

Semanalmente enviamos as principais notícias de educação comentadas e materiais práticos sobre inteligência de dados, personalização da aprendizagem, captação e fidelização de alunos Take a look.

By signing up, you will create a Medium account if you don’t already have one. Review our Privacy Policy for more information about our privacy practices.

Check your inbox
Medium sent you an email at to complete your subscription.

As melhores soluções para escolas que querem tornar o Ensino Híbrido uma realidade, Personalizar a Aprendizagem, Engajar Professores, Fidelizar seus alunos e Captar mais alunos.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store