Eleições e empoderamento LGBT: Ivan Monteiro Carcará (RJ)

Danilo Motta
Sep 19, 2018 · 3 min read

O entrevistado da vez é o Ivan Monteiro Carcará. Ele é candidato pelo Partido NOVO a deputado federal do Rio de Janeiro pelo Partido Novo, e seu número nas urnas é 3022. Conheça:

Por que você quer ser deputado federal?

Como todo trabalhador brasileiro, me vi trabalhando 5 meses do ano só para pagar impostos. Uma carga tributária insana, mas revoltante ainda quando se sabe quão ruim são os serviços que o Estado brasileiro se propõe a nos prover. Quero ser candidato para impulsionar a discussão de projetos que eliminem privilégios dos políticos no Brasil, reduzindo a diferença entre os direitos dos parlamentares e os de seus representados. Levar ética e moralidade ao congresso é a melhor maneira de defender a democracia.

Como avalia a importância de candidaturas LGBT?

Fundamental. Não adianta ficar no sofá reclamando que os políticos não nos representam e não entendem o nosso problema. O espaço político nunca é dado de mão beijada. Ou você o conquista ou não o tem. E não é só uma questão de representatividade, mas de exemplo também. É preciso mostrar casos de gays bem-sucedidos e atuantes na nossa sociedade. Tem muito adolescente por aí, jovens, se descobrindo da comunidade LGBT e pensando todo o tipo de besteira. É preciso mostrar a eles que existe um mundo maravilhoso for a do armário esperando por eles.

Quais projetos devem ser priorizados em um eventual mandato?

Serão quatro campos de atuação. Segurança pública: liberação do porte de armas, extinção das “saidinhas” de presos, redução da maioridade penal e restrição à quantidade de recursos que um condenado pode ter para primeira e segunda instância. Fim dos privilégios: eliminação dos privilégios parlamentares referentes ao plano de saúde sem limites, à previdência especial, ao auxílio-moradia, ao uso de apartamentos funcionais, aos salários extras e ao uso de carro oficial. Progresso econômico: redução de impostos, substituindo IPI, ICMS, ISS, PIS e Cofins por um imposto de valor agregado (IVA); criação do cadastro de bons pagadores para reduzir o custo do crédito e garantia por lei da independência do Banco Central. Liberdade individual: aprovação no congresso do casamento gay, desburocratização da adoção de crianças, liberação do porte de armas e legalização do direito de educar os filhos em casa.

Quais os desafios para LGBTs no Rio de Janeiro?

Sem dúvida, o maior desafio é segurança. Um problema de toda a população do estado, mas que é mais forte ainda para a comunidade LGBT, pois além de toda a insegurança diária do Rio, nós ainda temos que lidar com a insegurança gerada pela homofobia. Essa violência praticamente expulsa das escolas os jovens trans, que em muitos casos acabam empurrados para a prostituição. Por isso trato em minhas pautas segurança como prioridade número 01. Os primeiros a serem beneficiados com a melhoria da segurança pública no país são aquelas pessoas em situação mais vulnerável, como acontece com a comunidade LGBT.

Por que a escolha pelo NOVO?

Por ser o único partido que não utiliza dinheiro público e que exige que seus mandatários não recebam esses privilégios absurdos que vemos no Brasil. Para poder concorrer, assinei um termo me comprometendo a abrir mão de auxílio-moradia, não usar apartamento funcional, cortar verbas de gabinetes e assessores pelo menos pela metade e não utilizar carro oficial.

Empoderamento LGBT

Este espaço é dedicado a destacar a participação política de LGBTs. Fique à vontade para enviar sugestões de pauta!

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade